a BÍBLIA para todos Edição Comum (BPT)
34

Julgamento de Edom

341Aproximem-se, nações, e ouçam:

povos, prestem atenção.

Ouça a terra e tudo o que ela contém,

o mundo inteiro e tudo quanto produz.

2O Senhor está irado contra todas as nações

e dirige o seu furor contra todos os seus exércitos.

Entregou-os ao extermínio e ao massacre.

3Os seus mortos são atirados por terra,

os cadáveres deitam mau cheiro,

as montanhas destilam o sangue dos mortos.

4O exército das estrelas desfaz-se,

o céu enrola-se como um rolo de papiro.

Os astros caem todos como as folhas mortas

duma vinha ou duma figueira34,4 Maneira de falar apocalíptica. Ver Is 24,21.23; Ap 6,12–14; Mt 24,29; Mc 13,25..

5Porque a espada do Senhor aparece no céu

cheia de sangue.

Eis que se abate sobre os edomeus34,5 Edomeus. Ver Is 63,1–6; Jr 49,7–22; Ez 25,12–14; Am 1,11–12; Ml 1,2–4.,

um povo que o Senhor condenou ao extermínio.

6A espada do Senhor está cheia de sangue,

coberta de gordura,

como do sangue dos cordeiros e dos bodes,

como da gordura das entranhas dos carneiros.

Na capital de Edom o Senhor fará um sacrifício,

uma matança enorme na cidade de Bosra.

7Caem juntos os búfalos, os touros e os novilhos;

a sua terra embriaga-se de sangue

e o chão ficará farto de gordura.

8Trata-se do dia da vingança do Senhor,

do ano de desforra para o defensor de Sião.

9As torrentes de Edom vão transformar-se em pez

e o seu chão, em enxofre;

o país vai tornar-se num campo de pez ardente,

10que não se apaga nem de dia nem de noite,

com o fumo a subir continuamente para o céu.

Edom ficará devastada para sempre

e por séculos sem fim ninguém mais passará por ela.

11As gralhas e os ouriços tomarão posse dela,

a coruja e o corvo habitarão lá.

O Senhor estenderá sobre ela a corda da destruição

e o fio de prumo da desolação.

12Não haverá mais nobres para elegerem um rei,

e todos os seus príncipes desaparecerão.

13Os tojos crescerão nos seus palácios,

as urtigas e os espinheiros nas suas fortalezas;

ela será covil de chacais

e guarida para as crias de avestruz.

14Os gatos selvagens encontram-se lá com as hienas

e os bodes fazem de Edom o lugar de encontro.

O fantasma Lilit34,14 Lilit. Demónio feminino da mitologia babilónica que, segundo se pensava, vivia em lugares desolados. vai instalar-se lá

e encontrar o lugar do seu repouso.

15É ainda em Edom que a serpente fará o seu ninho,

porá os seus ovos e os chocará

e os protege até nascerem os filhos.

É ainda lá que os abutres se juntam e se acasalam.

16Investiguem o livro do Senhor 34,16 Livro do Senhor. Obra desconhecida que devia contar a mensagem do profeta Isaías. e verão

que nenhuma destas coisas lá falta,

porque foi o Senhor que assim ordenou;

foi o seu espírito que os juntou.

17Ele distribuiu o quinhão de cada um deles;

tomou o cordel e dividiu por eles o país.

Serão os seus proprietários para sempre;

habitarão nele de geração em geração.