a BÍBLIA para todos Edição Comum (BPT)
145

Hino de louvor

1451Cântico da coleção de David.

Louvarei145,1 Salmo alfabético. Ver nota a 9,2. a tua grandeza, meu Deus e meu rei;

hei de agradecer-te para sempre.

2Todos os dias te bendirei;

louvarei o teu nome para sempre.

3O Senhor é grande e digno de muito louvor;

a sua grandeza excede o nosso entendimento.

4Cada geração contará à seguinte o que tu tens feito

e todos proclamarão as tuas proezas.

5Eles falarão da tua glória e majestade

e eu cantarei os teus prodígios.

6Eles contarão os teus feitos poderosos e terríveis

e eu proclamarei a tua grandeza.

7Eles darão a conhecer a tua imensa bondade

e em cânticos dirão que tu és justo.

8O Senhor é bondoso e compassivo;

é paciente e misericordioso.

9O Senhor é bom para todos;

a sua clemência ultrapassa tudo o que ele tem feito.

10Que todas as tuas criaturas te louvem, Senhor;

que todos os teus fiéis te bendigam!

11Que falem da glória do teu reino

e contem teus feitos poderosos!

12Que todos conheçam as proezas de Deus

e o esplendor glorioso do seu reino!

13O teu reino é um reino para toda a eternidade

e o teu domínio é para todas as gerações145,13 Um manuscrito hebraico antigo, a antiga versão grega, outras versões antigas e ainda um manuscrito dos Salmos encontrado em Qumran acrescentam uma segunda parte a este versículo, que não aparece no texto hebraico tradicional: Fiel é o Senhor em todas as suas promessas e leal em tudo o que faz..

14O Senhor ajuda a levantar todos os que caem

e reanima todos os que desfalecem.

15Todos os seres vivos olham esperançosos para ti

e tu dás-lhes alimento a seu tempo.

16Tu abres a tua mão com generosidade,

satisfazes os desejos de todos eles.

17O Senhor é justo em tudo o que faz

e misericordioso em todos os seus atos.

18O Senhor está perto de todos os que o temem,

que o invocam com sinceridade.

19Ele realiza os desejos dos que o honram;

quando lhe pedem ajuda, ouve-os e salva-os.

20O Senhor protege todos os que o amam,

mas destrói todos os que praticam o mal.

21Louvarei sempre o Senhor!

Que toda a Humanidade bendiga

o seu santo nome para sempre.

146

Em louvor de Deus salvador

1461Aleluia!

Louvarei o Senhor com toda a minha alma!

2Louvá-lo-ei ao longo da minha vida;

cantarei hinos ao meu Deus, enquanto existir.

3Não ponham a vossa confiança nos grandes.

Não confiem em simples homens,

que não podem oferecer ajuda.

4Falta-lhes o seu sopro,

e lá regressam ao pó da terra;

nesse mesmo dia acabam os seus projetos.

5Feliz o que recebe auxílio do Deus de Jacob,

o que põe a sua esperança no Senhor, seu Deus.

6Ele criou o céu, a terra e o mar

e tudo o que contêm.

Ele mantém-se fiel para sempre,

7e julga a favor dos oprimidos.

O Senhor dá alimento aos que têm fome

e dá liberdade aos prisioneiros.

8O Senhor dá vista aos cegos e reanima os que desfalecem;

ele ama os que são retos.

9Protege os que vivem em terra estranha

e ampara os órfãos e as viúvas,

mas faz com que os pecadores se percam no seu caminho.

10O Senhor reinará eternamente!

O teu Deus, ó Sião, reinará para todo o sempre!

Aleluia!

147

Maravilhas de Deus em favor de Israel

1471Aleluia!

É bom cantar hinos ao nosso Deus!

Louvá-lo é agradável e justo147,1 A antiga tradução grega, divide este salmo em dois. Para o número 146 (onze versículos) e para o 147 (nove versículos)..

2O Senhor restaura Jerusalém

e reúne os israelitas dispersos.

3Ele cura os que têm o coração atribulado

e liga-lhes as feridas!

4Ele determina o número das estrelas

e põe a cada uma o seu nome.

5Grande e poderoso é o Senhor, nosso Deus,

a sua sabedoria não tem limites.

6O Senhor ampara os humildes,

mas faz cair por terra os que praticam o mal.

7Cantem ao Senhor com gratidão;

cantem hinos ao nosso Deus ao som da harpa.

8Ele cobre de nuvens o céu,

prepara as chuvas para a terra

e faz crescer a erva nos montes.

9Ele dá de comer aos animais

e alimenta os filhotes dos corvos, quando eles chamam.

10Não é a resistência dos cavalos nem a força dos homens

o que mais agrada ao Senhor.

11Ao Senhor agradam os que o temem,

os que confiam no seu amor.

12Ó Jerusalém, louva o Senhor,

Sião, louva o teu Deus147,12 Os v. 12–20 constituem o salmo 147 sendo, portanto, numerados de 1–9. Ver nota anterior..

13Ele mantém seguras as tuas portas

e abençoa os teus habitantes;

14estabelece a paz nas tuas fronteiras

e alimenta-te com o mais fino trigo.

15Ele manda as suas ordens para a terra

e o que ele diz corre velozmente;

16faz cair a neve, branca como a lã,

e espalha a geada, como se fosse cinza;

17faz cair o gelo em forma de granizo;

e ninguém aguenta o frio que ele envia.

18Depois dá outra ordem e o gelo derrete-se;

faz soprar o vento e a água corre.

19Ele envia a sua mensagem ao povo de Jacob,

as suas instruções e as suas leis a Israel.

20Ele não fez isto com nenhum outro povo,

não lhes deu a conhecer os seus decretos.

Aleluia!