a BÍBLIA para todos Edição Comum (BPT)
14

Condenação dos insensatos

(Salmos 53)

141Ao diretor do coro. Salmo da coleção de David.

Os insensatos dizem para si mesmos: «Não há Deus14,1 Ou: Deus não tem poder. Ou: Deus está ausente. Ver 10,4.6.11.13; 36,2; 94,7.

Todos se perverteram e fizeram coisas horríveis;

não há ninguém que faça o bem!

2O Senhor olhou lá do céu para a Humanidade,

a ver se havia alguém com entendimento,

alguém que procure Deus.

3Mas todos seguiram maus caminhos,

todos igualmente se perverteram.

Não há quem faça o bem, nem um sequer14,3 Ver Rm 3,10–12.!

4Os malfeitores, que devoram o meu povo,

como quem come pão,

e que não adoram o Senhor,

não serão capazes de compreender?

5Vejam como eles formam conluios,

mas Deus está com a assembleia dos que lhe são fiéis.

6A assembleia dos humildes confunde-os,

porque o Senhor é o seu refúgio.

7Que venha de Sião a salvação de Israel!

Quando o Senhor trouxer de volta os exilados do seu povo,

os descendentes de Jacob se alegrarão,

o povo de Israel ficará feliz.

15

O que Deus espera do homem

151Salmo da coleção de David.

Senhor, quem pode residir no teu santuário?

Quem pode habitar no teu santo monte15,1 O santuário é o templo de Jerusalém e o santo monte é a colina onde ele foi construído. Ver 2,2.?

2Aquele que leva uma vida sincera e pratica a justiça

e diz a verdade com todo o coração;

3aquele que não diz mal dos outros

e não causa prejuízo a ninguém,

nem ofende o seu próximo;

4aquele que despreza aquilo que merece desprezo,

mas honra os que temem15,4 Temer, no sentido bíblico, não significa ter medo, mas sim, honrar, respeitar, obedecer; sinónimos que podemos usar, em alternativa. o Senhor;

aquele que cumpre as promessas,

mesmo em seu prejuízo;

5aquele que empresta o seu dinheiro sem exigir juros,

e não se deixa subornar contra o inocente.

Todo o que assim proceder jamais sucumbirá.

16

Oração de um convertido

161Salmo da coleção de David.

Protege-me, ó Deus, porque em ti confio.

2Eu disse: «Ó Senhor, tu és o meu Deus,

todo o meu bem e não há nada acima de ti.»

3Quanto aos deuses que havia no país,

às divindades que eu estimava,

4que as suas desgraças se multipliquem

e que eles desapareçam.

Eu não lhes farei ofertas de vinho,

nem sequer pronunciarei os seus nomes.

5Senhor, tu és a porção da minha herança;

e o meu cálice está nas tuas mãos.

6Agradável é o lugar que me calhou em partilha

e preciosa é a herança que me coube.

7Louvarei o Senhor, porque ele me orienta;

até durante a noite a minha consciência me adverte.

8Tenho sempre o Senhor diante dos meus olhos;

com ele à minha direita16,8 O lado direito era considerado como o mais favorável; o defensor colocava-se sempre à direita do acusado. Ver 109,31; 110,5., jamais vacilarei.

9Por isso, o meu coração se alegra,

a minha alma rejubila

e o meu corpo repousa tranquilo.

10Pois tu não me entregarás ao poder da morte,

não abandonarás na sepultura aquele que amas16,10 Versículo citado em At 13,35, segundo a antiga tradução grega..

11hás de mostrar-me o caminho que conduz à vida,

saciar-me de alegria na tua presença

e de eterna felicidade a teu lado16,11 Ou: à tua direita. A direita era também o lugar de honra. Ver 45,10; 110,1. Os v. 8–11 são citados em At 2,25–28..