a BÍBLIA para todos Edição Comum (BPT)
41

Oração de um homem doente

411Ao diretor do coro. Salmo da coleção de David.

2Ditoso aquele que faz bem ao pobre;

o Senhor o livrará no dia da desgraça.

3O Senhor o protegerá e lhe dará vida e felicidade na terra;

e não o abandonará à mercê dos seus inimigos.

4O Senhor o ajudará, quando estiver doente,

e lhe restituirá a saúde.

5Eu disse: «Senhor, tem compaixão de mim;

cura-me, embora tenha pecado contra ti.»

6Os meus inimigos falam mal de mim e dizem:

«Quando é que ele morre e o seu nome é esquecido?»

7Se me visitam, dizem coisas sem interesse,

o seu coração está cheio de malícia.

Mal saem à rua dão-na logo a conhecer.

8Todos os que me odeiam murmuram contra mim;

pensam o pior de mim e dizem:

9«Ele tem uma doença má;

que ele não se levante mais da cama.»

10Até o meu melhor amigo, em quem eu confiava,

e que comia do meu pão, se voltou contra mim41,10 Literalmente: Levantou contra mim o calcanhar. Este versículo é parcialmente citado em Mc 14,18; Jo 13,18. Ver também Mt 26,23; Lc 22,21..

11Mas tu, Senhor, tem compaixão de mim;

restaura-me a saúde, para eu lhes dar o pago.

12Se o meu inimigo não triunfar sobre mim,

saberei então que tu me queres bem.

13Tu me ajudarás, porque vivo com sinceridade,

e me farás viver sempre na tua presença.

14Bendito seja o Senhor, Deus de Israel,

agora e para sempre! Assim seja! Ámen41,14 Cf. 106,48.!