a BÍBLIA para todos Edição Católica (BPTct)
16

A arca é colocada na tenda

161Colocaram a arca da aliança na tenda que David tinha levantado para esse fim e ofereceram a Deus holocaustos e sacrifícios de comunhão. 2Quando David terminou a oferta desses sacrifícios, abençoou o povo, em nome do Senhor, 3e fez distribuir a todos os israelitas, a homens e mulheres, um pão, uma torta de tâmaras e outra de passas.

4David escolheu depois alguns levitas para prestarem serviço diante da arca do Senhor. Deviam invocar o Senhor, Deus de Israel, dar-lhe graças e louvores. 5Assaf era o chefe e, a seguir a ele, estavam Zacarias, Jaziel, Chemiramot, Jeiel, Matatias, Eliab, Benaías. Obed-Edom e Jeiel tocavam liras e harpas, enquanto Assaf tocava címbalos. 6Os dois sacerdotes Benaías e Jaziel tocavam continuamente cornetins diante da arca da aliança.

Cântico de David

(Salmos 105,1–15; 96,1–13; 106,1.47–48)

7Foi naquele dia que David encarregou pela primeira vez Assaf e os seus colegas de entoarem louvores ao Senhor:

8«Louvem o Senhor, invoquem o seu nome,

divulguem entre os povos os prodígios que ele fez.

9Cantem hinos em sua honra;

anunciem as maravilhas, que ele fez.

10Sintam-se orgulhosos do Senhor, cujo nome é santo;

alegrem-se todos os que o procuram!

11Recorram ao Senhor e ao seu poder;

procurem o Senhor continuamente.

12Lembrem-se das suas obras maravilhosas

e dos prodigiosos decretos que ele pronunciou.

13Vocês são os descendentes do servo de Deus, Israel,

os descendentes de Jacob, seu escolhido.

14Ele é o Senhor, nosso Deus;

e governa sobre toda a terra.

15Lembrem-se sempre da sua aliança,

da promessa que ele jurou manter por mil gerações.

16Foi a aliança que ele fez com Abraão,

o juramento que fez a Isaac;

17e confirmou tudo isso a Jacob,

como aliança eterna em favor de Israel,

18quando disse: “hei de dar-te a terra de Canaã,

para ser a vossa herança familiar.”

19Quando eram ainda muito poucos

e estrangeiros na terra de Canaã;

20quando vagueavam de terra em terra

e andavam de nação em nação,

21Deus não permitiu que ninguém os maltratasse.

Por causa deles repreendeu reis, dizendo:

22“Não toquem nos meus servos escolhidos,

não maltratem os meus mensageiros.”

23Que a terra inteira cante ao Senhor

proclamem dia após dia a sua salvação.

24Anunciem a sua glória aos outros povos

e a todas as nações as suas maravilhas.

25O Senhor é grande e digno de louvor,

mais temível que todos os deuses.

26Esses deuses não valem nada;

foi o Senhor quem criou os céus.

27Na sua presença há esplendor e majestade;

no seu santuário há força e alegria.

28Que todos os povos da terra louvem o Senhor

e proclamem a sua glória e o seu poder.

29Deem ao Senhor a honra que lhe é devida

vão à sua presença apresentar-lhe ofertas.

Inclinem-se diante do Senhor, que é santo,

que se manifesta cheio de glória!

30Que a terra inteira trema diante dele:

Deus firmou o mundo, para que não se mova.

31Alegrem-se os céus e a terra.

Que se diga entre os povos: “O Senhor é rei!”

32Exulte de alegria o mar e tudo o que ele contém;

alegrem-se os campos com tudo o que neles existe.

33Cantem de alegria as árvores do bosque,

na presença do Senhor que se aproxima

e vem para governar a terra!

34Deem graças ao Senhor, porque ele é bom,

porque é eterno o seu amor.

35Salva-nos, ó Deus, nosso salvador,

junta-nos, que andamos perdidos entre as nações;

para te louvarmos, ó Deus santo,

e sentirmos felicidade em te louvar.

36Louvado seja o Senhor, Deus de Israel,

louvado seja ele por todo o sempre.»

E todo o povo respondeu: «Assim seja!» E louvou o Senhor.

37David ordenou em seguida a Assaf e aos seus colegas levitas que ficassem junto da arca da aliança, no lugar onde tinha sido colocada, para a servirem continuamente, segundo a ordem estabelecida para cada dia. 38Encarregou também Obed-Edom, filho de Jedutun e de Hossa, de servirem como porteiros. 39Confiou ao sacerdote Sadoc e aos seus colegas o encargo de servirem no santuário do Senhor, que se encontrava em Guibeon. 40Todas as manhãs e todas as tardes eles deveriam oferecer ao Senhor holocaustos, de acordo com o que está escrito na lei que o Senhor tinha dado a Israel. 41Também ficou com eles Heman e Jedutun e os restantes que foram escolhidos e indicados pelos seus nomes para cantarem ao Senhor: «É eterno o seu amor.» 42Tocavam cornetins, címbalos e outros instrumentos que acompanhavam os cânticos ao Senhor. Os filhos de Jedutun eram porteiros.

43Depois voltaram todos para as suas casas e David foi também para sua casa, para abençoar a sua família.