a BÍBLIA para todos Edição Católica (BPTct)
4

O Espírito de Deus e o espírito do Anticristo

41Queridos amigos, não deem crédito a qualquer espírito, mas verifiquem se os espíritos são de Deus4,1 Ver Dt 13,2–6; 1 Co 12,10., porque há muitos falsos profetas espalhados pelo mundo. 2É assim que podem reconhecer se alguém tem o Espírito de Deus: todo aquele que confessar que Jesus Cristo se fez homem é de Deus. 3Mas todo aquele que não confessa isto acerca de Jesus não é de Deus. Este é o espírito do Anticristo de quem ouviram dizer que havia de vir. Pois bem, ele já está no mundo.

4Meus filhos, vocês são de Deus e venceram os falsos profetas, porque aquele que vive em vocês é mais forte do que aquele que está nos que são do mundo. 5Eles pertencem ao mundo; por isso falam à maneira do mundo, e o mundo dá-lhes ouvidos. 6Mas nós pertencemos a Deus. Quem conhecer a Deus escuta-nos; quem não pertencer a Deus não nos ouve. É assim que nós podemos distinguir entre o Espírito da verdade e o espírito do erro.

Deus é amor

7Queridos amigos, amemo-nos uns aos outros porque o amor vem de Deus. Todo aquele que ama nasceu de Deus e conhece-o. 8Aquele que não ama não conhece a Deus, uma vez que Deus é amor.

9Foi assim que Deus mostrou o seu amor por nós: enviou o seu Filho único ao mundo, para recebermos a vida por meio dele4,9 Comparar com Jo 3,16.. 10E esse amor consiste nisto: não fomos nós que amámos a Deus, mas foi ele que nos amou e nos enviou o seu Filho para ser sacrifício de expiação pelos nossos pecados4,10 Ver 2,2 e nota..

11Queridos amigos, se Deus nos amou desta maneira também nós devemos amar-nos uns aos outros. 12Nunca ninguém viu Deus4,12 Comparar com Jo 1,18.. Se nós nos amarmos uns aos outros, Deus está em nós e o seu amor realiza-se de forma perfeita na nossa vida.

13A prova de sabermos que vivemos em Deus e Deus em nós é que ele nos concedeu participar do seu Espírito.

14Nós vimos e damos testemunho de que o Pai enviou o seu Filho para ser o Salvador do mundo4,14 Comparar com Jo 3,17; 4,42.. 15Todo aquele que confessar que Jesus é o Filho de Deus, Deus vive nele e ele em Deus.

16Nós sabemos e acreditamos que Deus nos ama. Deus é amor: aquele que vive no amor permanece em Deus e Deus nele. 17Deste modo, o amor de Deus torna-se perfeito em nós, a fim de termos confiança para o dia do juízo, pois tal como ele é também nós somos neste mundo. 18O amor não conhece o medo. O amor verdadeiro afasta o medo. Quem tem medo receia o castigo e, por isso, quem tem medo não é perfeito no amor.

19Nós amamos porque Deus nos amou primeiro. 20Se alguém diz que ama a Deus mas tem ódio ao seu irmão é um mentiroso. Aquele que não ama o seu irmão, a quem vê, como pode amar a Deus, a quem não vê! 21O mandamento que Jesus nos deixou é este: aquele que ama a Deus deve também amar o seu irmão4,21 Comparar com Mt 22,36–40; Mc 12,28–31; Lc 10,25–28..