a BÍBLIA para todos Edição Católica (BPTct)
5

A arca da aliança entre os filisteus

51Depois de os filisteus terem capturado a arca da aliança do Senhor, levaram-na de Eben-Ézer para Asdod5,1 Asdod, Gat (v. 8), Ecron (v. 10), Gaza e Ascalon (6,17) são as cinco cidades mais importantes dos filisteus, situadas a oeste e sudoeste de Jerusalém.. 2Colocaram-na no santuário do seu deus Dagon, ao lado da estátua do deus. 3No dia seguinte, pela manhã, o povo de Asdod viu a estátua de Dagon caída por terra, diante da arca da aliança. Levantaram-na e colocaram-na no seu lugar. 4No outro dia, pela manhã, viram que a estátua tinha caído novamente, diante da arca da aliança. A cabeça e os dois braços estavam partidos e espalhados pelo chão; apenas o tronco estava inteiro. 5É por isso que ainda hoje os sacerdotes de Dagon e todos os seus adoradores em Asdod não pisam o chão do santuário de Dagon.

6O Senhor castigou duramente o povo de Asdod e aterrorizou-o. E os seus habitantes, tal como os das terras vizinhas, ficaram cheios de tumores. 7Quando eles se aperceberam do que estava a acontecer, disseram: «O Deus de Israel está a castigar-nos severamente, a nós e ao nosso deus Dagon. Não queremos que a arca da aliança do Deus de Israel fique mais tempo aqui.» 8Enviaram então mensageiros, chamaram os chefes dos filisteus para uma reunião e perguntaram-lhes: «Que é que devemos fazer à arca da aliança do Deus de Israel?» Eles responderam: «Levem-na para a cidade de Gat.» E eles assim fizeram.

9Depois de lá ter chegado a arca da aliança, Deus castigou aquela cidade e o pânico foi grande. O Senhor castigou-os com tumores que apareceram em todo o povo, desde os mais novos aos mais velhos. 10Então enviaram a arca da aliança para a cidade de Ecron, mas, quando ela lá chegou, o povo gritou: «Eles mandaram para aqui a arca da aliança do Deus de Israel para nos matar a todos.» 11Então mandaram reunir os chefes dos filisteus e disseram-lhes: «Devolvam a arca da aliança do Deus de Israel ao seu lugar, para podermos escapar à morte.» Realmente havia um pânico de morte em toda a cidade, porque Deus estava a castigá-los de maneira muito severa. 12Os que não tinham morrido estavam cheios de tumores e os gritos da cidade elevavam-se até ao céu.