a BÍBLIA para todos Edição Católica (BPTct)
7

71O povo de Quiriat-Iarim pegou na arca da aliança do Senhor e levou-a para casa dum homem chamado Abinadab, que vivia na colina. E consagraram Eleazar, filho de Aminadab, para cuidar dela.

Samuel governa Israel

2A arca do Senhor já estava em Quiriat-Iarim há mais de vinte anos e durante esse tempo o povo de Israel esforçava-se por seguir o Senhor.

3Samuel disse ao povo de Israel: «Se querem realmente voltar para o Senhor com todo o coração, afastem todos os deuses estranhos e as imagens da deusa Astarté7,3 Astarté. Deusa do amor e da fecundidade.. Voltem-se para o Senhor e sirvam-no só a ele, que ele vos há de libertar do perigo dos filisteus4Então os israelitas afastaram os ídolos do deus Baal e da deusa Astarté, e serviram apenas o Senhor. 5Samuel pediu então aos israelitas para se reunirem em Mispá e disse-lhes: «Vou orar ao Senhor em vosso favor.» 6E reuniram-se todos em Mispá. Foram buscar um pouco de água, derramaram-na pelo chão como oferta ao Senhor e jejuaram durante todo o dia. E diziam: «Pecámos contra o Senhor

E Samuel foi juiz7,6 Juiz. Na sequência dos juízes ou chefes carismáticos do livro dos Juízes. Cf. Jz 2,16. do povo de Israel em Mispá.

7Quando os filisteus souberam que os israelitas se reuniam em Mispá, os chefes dos filisteus prepararam-se para os atacar. Os israelitas, ao saberem disto, ficaram cheios de medo 8e pediram com insistência a Samuel: «Não deixes de orar e clamar ao Senhor nosso Deus por nós, para que nos salve das mãos dos filisteus.» 9Samuel pegou num cordeirinho ainda de leite e ofereceu-o ao Senhor em sacrifício. Intercedeu junto do Senhor por Israel e o Senhor atendeu-o.

10Enquanto Samuel oferecia o sacrifício, os filisteus avançaram para atacar o povo de Israel, mas o Senhor mandou contra eles fortes trovões. Os filisteus entraram em pânico e Israel derrotou-os. 11Os israelitas partiram de Mispá e perseguiram os filisteus até para além de Bet-Car. 12Então Samuel colocou uma pedra entre Mispá e Chen e chamou-lhe Eben-Ézer, dizendo: «Até aqui nos auxiliou o Senhor7,12 As localidades de Bet-Car e Chen são-nos desconhecidas. Cf. 4,1 e 5,1.13Os filisteus tiveram de se render e não se atreveram a entrar no território de Israel durante o tempo de Samuel, porque o poder do Senhor os impedia. 14Todas as cidades que os filisteus tinham tomado a Israel entre Ecron e Gat foram reconquistadas. Desta maneira Israel recuperou todo o seu território aos filisteus e houve paz entre Israel e os amorreus.

15Samuel governou Israel até ao fim da sua vida. 16Todos os anos visitava Betel, Guilgal7,16 Betel. Localidade a uns 15 km a norte de Jerusalém ligada à história de Abraão e Jacob; ver Gn 12,8; 28,19; 35,1. Guilgal. Nome de várias localidades. Deve ser Guilgal próxima de Jericó; ver Js 4,19–20; 5,9–10. e Mispá e decidia as questões do povo em cada um destes lugares. 17Depois dessas visitas, regressava à sua casa em Ramá, de onde continuava a governar Israel. E em Ramá construiu um altar para o Senhor.