a BÍBLIA para todos Edição Católica (BPTct)
12

Um só santuário

121«Estas são as leis e os preceitos que têm de pôr em prática, durante toda a vossa vida, na terra que o Senhor, Deus dos vossos antepassados vos deu em propriedade12,1 Ver 1,25 e nota..

2Devem destruir todos os lugares de culto onde os povos que vão desalojar adoram os seus deuses, sobre as montanhas e colinas ou debaixo de qualquer árvore frondosa. 3Devem demolir os seus altares, quebrar os seus monumentos sagrados de pedra e queimar os de madeira e despedaçar as imagens dos seus deuses. Façam desaparecer daquela terra tudo o que recorde esses deuses12,3 Ver 7,5..

4Quanto a vós, não façam coisas dessas para o Senhor, vosso Deus. 5Só devem ir procurar o Senhor e adorá-lo no lugar que ele escolheu entre todas as tribos para aí fazer o seu santuário e lá habitar. 6É ali que devem oferecer os vossos animais em holocausto e os vossos sacrifícios; é ali que devem levar as décimas, as contribuições, as promessas, as ofertas e as primeiras crias dos vossos rebanhos. 7Ali comerão com a vossa família, diante do Senhor, vosso Deus, alegrando-se pelo bom resultado dos vossos trabalhos, com que o Senhor, vosso Deus, vos abençoou.

8Não façam como nós atualmente, pois cada um faz como melhor lhe parece. 9Realmente, ainda não chegaram ao lugar de descanso e à herança que o Senhor, vosso Deus, vos dará. 10Quando atravessarem o Jordão e se instalarem na terra, que o Senhor, vosso Deus, vos dá em herança, ele vos concederá descanso e tranquilidade, deixando-vos livres de todos os vossos inimigos. 11Devem então levar a esse lugar, que o Senhor, vosso Deus, escolher para seu santuário, todas aquelas coisas que vos mandei oferecer: holocaustos de animais e sacrifícios, décimas, contribuições e toda a espécie de promessas que fizeram ao Senhor. 12E ali, diante do Senhor, vosso Deus, celebrem com alegria a vossa festa, com os vossos filhos e filhas, os vossos escravos e escravas e os levitas que ali estiverem, porque estes não têm convosco parte na distribuição da terra12,12 Ver Dt 10,8–9; Nm 18,20.23..

13Tenham cuidado! Não ofereçam animais em holocausto em qualquer lugar de culto que encontrarem. 14Ofereçam-nos somente no lugar que o Senhor escolher, numa das tribos. É lá também que devem cumprir tudo como eu mandei. 15É claro que, nas cidades onde viverem e sempre que o quiserem, podem matar qualquer animal que o Senhor, pela sua bondade, vos der e podem comer dessa carne. Todos podem comer dela, tanto os que na altura estiverem ritualmente puros como os que não estiverem, porque é como se estivessem a comer veado ou gazela12,15 A caça podia ser comida livremente, desde que não fosse um animal proibido. Outros animais podiam ser mortos fora do santuário para serem comidos, sem terem o sentido ou estarem obrigados às regras dos sacrifícios, desde que não se comesse sangue nem animais impuros; ver 14,7–21.. 16Mas não devem comer o sangue do animal12,16 Ver Dt 15,23; Gn 9,4; Lv 7,26–27; 17,10–14.; devem derramá-lo no chão, como se fosse água.

17Não te é permitido comer na tua terra a décima do teu trigo, vinho e azeite, as primeiras crias dos teus rebanhos, o que tiveres prometido, as tuas ofertas e dádivas ao Senhor. 18Essas coisas só as podes comer diante do Senhor, no lugar que ele escolher, juntamente com os teus filhos e filhas, os teus escravos e escravas e os levitas que vivam junto de ti. Assim, diante do Senhor, festejarás com alegria a tua oferta que é o resultado dos teus trabalhos.

19Tem cuidado! Não abandones os levitas enquanto viveres no teu país. 20Quando o Senhor, teu Deus, tiver alargado as fronteiras do teu país, tal como ele te prometeu, sempre que quiseres comer carne, porque te apetece comê-la, podes comer à vontade. 21Se o lugar que o Senhor, teu Deus, escolheu para fazer dele o seu santuário for muito longe da tua casa, podes matar um boi ou uma ovelha, que o Senhor te tenha dado, tal como já te disse. Nesse caso, podes comer dessa carne mesmo na tua terra, se assim quiseres. 22É como estar a comer veado ou gazela. Podem comer todos juntos, tanto o que está ritualmente puro como o que não está. 23Mas de modo nenhum deves comer o sangue. Com efeito, o sangue é que dá vida12,23 Ver Lv 17,10–14. e não podes comer a vida juntamente com a carne. 24Nunca deves fazer isso. Deves derramá-lo no chão como água. 25Se assim procederes corretamente como o Senhor quer, tudo te correrá bem, a ti e aos teus filhos, mais tarde. 26Mas as coisas que consagraste ao Senhor, e as tuas promessas, deves ir oferecê-las no lugar que o Senhor escolher.

27Quando ofereceres animais em holocausto coloca a carne com o sangue em cima do altar do Senhor. Mas quando fizeres um sacrifício, tens de derramar o sangue sobre o altar do Senhor, teu Deus, para poderes comer da carne desse sacrifício.

28Escuta as ordens que eu te dou e põe-nas em prática e assim tudo te correrá bem para sempre, a ti e aos teus descendentes. Pois, desta maneira, estás a fazer aquilo que é bom e agradável ao Senhor, teu Deus.»

Contra os falsos deuses

29«Quando o Senhor, teu Deus, tiver eliminado da tua frente os povos a quem vais conquistar as terras, quando tiveres tomado posse do seu território e lá habitares, 30tem cuidado e não te deixes arrastar pelos seus costumes, mesmo depois de eles terem sido eliminados da tua frente. Não consultes os seus deuses nem procures saber como é que aqueles povos lhes prestavam culto para fazeres a mesma coisa. 31Não procedas assim para com o Senhor, teu Deus. Pois o que eles fazem aos seus deuses são coisas abomináveis e o Senhor tem horror a essas práticas. Eles até chegaram a queimar em sacrifício os seus filhos e filhas em honra dos seus deuses!