a BÍBLIA para todos Edição Católica (BPTct)
5

Os dez mandamentos

51«Moisés reuniu todo o povo de Israel e disse: “Ó israelitas, escutem as leis e preceitos que eu vos dou a conhecer hoje. Aprendam-nos bem e ponham-nos em prática”.

2O Senhor, nosso Deus, fez uma aliança connosco, no monte Horeb. 3Não foi com os nossos antepassados que ele fez essa aliança, mas connosco, os que estamos aqui hoje ainda vivos5,3 Os pais morreram no deserto em castigo pela desobediência. Ver 1,35; 2,14–15.. 4Naquele monte, o Senhor falou convosco frente a frente do meio do fogo. 5Eu estava entre o Senhor e vós, para vos explicar aquilo que o Senhor dizia, pois tinham muito medo do fogo e não queriam subir à montanha. O Senhor disse5,5 Em Ex 20,1–17, encontramos os dez mandamentos em forma ligeiramente diferente.:

6“Eu sou o Senhor, teu Deus, que te tirei do Egito, onde tu eras escravo.

7Não deves adorar outros deuses, além de mim.

8Não faças imagens de falsos deuses, representando seja o que for daquilo que existe no céu ou na terra ou na água debaixo da terra.

9Não os adores nem lhes prestes culto, porque eu, o Senhor, sou um Deus que não tolera quem tenha outros deuses. Por causa das culpas que os pais cometem contra mim, sou capaz de castigar os filhos e até os netos e bisnetos. 10Mas também pago com amor durante mil gerações àqueles que me amam e cumprem as minhas ordens.

11Não uses o nome do Senhor, teu Deus, para jurar falso, porque o Senhor não perdoa a quem usa assim o seu nome.

12Guarda o dia de sábado, consagrando-o ao Senhor, teu Deus, como ele te mandou. 13Durante seis dias podes trabalhar e fazer tudo o que tens a fazer. 14Mas o sétimo dia é de descanso em honra do Senhor, teu Deus. Nesse dia, não podes fazer trabalho nenhum, nem tu nem os teus filhos e filhas, nem os teus escravos e escravas, nem o teu boi ou burro ou qualquer outro animal, nem sequer o estrangeiro que trabalha para ti. Todos, mesmo que sejam teus escravos, têm de descansar tal como tu. 15Lembra-te que também tu foste escravo, quando estavas no Egito, e que o Senhor, com grande força e poder, te fez sair de lá. Por isso, ele te ordenou que guardasses o dia de sábado.

16Respeita o teu pai e a tua mãe, como o Senhor, teu Deus, te ordenou. Assim viverás muitos anos e serás feliz na terra que o Senhor, teu Deus, te vai dar.

17Não mates ninguém5,17 Algumas edições do texto hebraico juntam num só versículo os v. 17.18.19 e 20, ficando a numeração do resto do capítulo com menos números..

18Não cometas adultério.

19Não roubes.

20Não levantes falso testemunho contra ninguém.

21Não cobices a mulher de outro, nem cobices nada do que pertence aos outros, seja a casa, o campo, o escravo ou a escrava, o boi ou burro ou qualquer outra coisa.”»

O povo tinha medo

22«Estas foram as palavras que o Senhor vos dirigiu, quando estavam todos reunidos junto do monte Horeb. Falou com voz forte do meio do fogo, da nuvem e da escuridão e não acrescentou mais nada. Escreveu estas palavras em duas placas de pedra e deu-mas.

23Quando ouviram a voz que vinha do meio da escuridão, enquanto a montanha estava a arder em chamas, vieram ter comigo os chefes das vossas tribos e os vossos anciãos, 24para me dizerem: “O Senhor, nosso Deus, mostrou-nos o seu poder e a sua grandeza e ouvimos a sua voz a falar do meio do fogo. Hoje verificámos que, afinal, é possível o homem continuar a viver, apesar de Deus ter falado com ele. 25Apesar disso, por que é que havemos de correr o risco de morrer devorados por este fogo enorme? Se continuamos a ouvir o Senhor, nosso Deus, a falar, quem sabe se não iremos mesmo morrer. 26Pois, quem é o homem que pode continuar vivo, depois de ouvir Deus em pessoa a falar do meio do fogo, como nós ouvimos5,26 Os israelitas estavam convencidos de que era impossível ver a Deus ou entrar em relação com ele, sem se morrer. Ver Dt 4,33; Jz 13,22.? 27Vai tu, Moisés, e ouve aquilo que o Senhor, nosso Deus, tem para dizer e comunica-nos tudo o que ele te disser, que nós prometemos ouvir e pôr tudo em prática5,27 Sobre os v. 22–27, ver Hb 12,18–19..”

28O Senhor estava a ouvir, quando falavam comigo, e disse-me: “Escutei tudo o que este povo te foi dizer. O que eles disseram está inteiramente certo. 29Quem dera que eles tivessem sempre esta boa vontade de me respeitar e de cumprir as minhas ordens! Assim seriam felizes, eles e os seus descendentes, para sempre. 30Vai dizer-lhes que podem voltar para as suas tendas. 31Tu, porém, fica aqui comigo que eu vou transmitir-te todas as ordens, leis e preceitos que tens de lhes ensinar, a fim de os cumprirem na terra que eu lhes vou dar5,31 Ver nota a 1,25. para ficar a ser sua.” 32Ponham-nos, portanto, em prática, como o Senhor, vosso Deus, vos ordenou. Não se afastem deles, nem para um lado nem para outro. 33Sigam sempre o caminho que o Senhor, vosso Deus, vos traçou. Assim terão vida e prosperidade e viverão longos anos na terra de que vão tomar posse.»

6

O grande mandamento

61«Estes são os mandamentos, leis e preceitos que o Senhor, vosso Deus, me deu para eu vos comunicar, a fim de os cumprirem na terra para onde se dirigem e de que vão tomar posse. 2Assim mostrarão respeito para com o Senhor, vosso Deus, cumprindo, durante toda a vida, as suas leis e mandamentos, que eu estou a transmitir, a vós e aos vossos filhos e netos, para poderem viver longos anos. 3Povo de Israel, escuta estas coisas e põe-nas em prática. Assim serás feliz e hás de tornar-te um povo muito numeroso naquela terra onde corre leite e mel6,3 Esta expressão indica a fertilidade da terra. Ver Ex 3,8; Lv 20,24., como prometeu o Senhor, Deus dos teus antepassados.

4Escuta, Israel6,4 Os v. 4–9 são recitados diariamente pelos judeus como oração e profissão de fé., o Senhor e só ele é o nosso Deus6,4 Esta frase hebraica pode ser traduzida de várias maneiras, mas o sentido essencial é sempre o de que há um só Deus, que é o Senhor. Ver Mc 12,29.. 5Ama o Senhor, teu Deus, com todo o coração, com toda a tua alma6,5 A expressão com todo o coração, com toda a alma é característica do Deuteronómio. Ver Dt 10,12; 11,17; 13,4; 30,6. Ver ainda Mt 22,37; Mc 12,30; Lc 10,27. e com todas as tuas forças. 6Que os mandamentos que hoje te dou estejam sempre na tua memória. 7Ensina-os continuamente aos teus filhos e repete-os, tanto ao deitar como ao levantar, quer estejas em casa, quer vás de viagem. 8Deves trazê-los no teu braço como um distintivo, na tua testa como emblema6,8 Ver Ex 13,9.. 9Escreve-os nas ombreiras das portas da tua casa e em todos os teus portões6,9 Sobre os v. 6–9, ver 11,18–20.

Não esquecer o Senhor

10«O Senhor, teu Deus, vai-te conduzir para a terra que prometeu dar-te, por juramento feito aos teus antepassados, Abraão, Isaac e Jacob6,10 Ver nota a 1,8.. São grandes e belas cidades que tu não construíste, 11casas cheias de tudo o que é bom, sem teres sido tu a enchê-las, poços bem feitos, sem teres sido tu a fazê-los, vinhas e olivais que tu não plantaste. Comerás à vontade e ficarás satisfeito. 12Mas tem cuidado, em não esquecer nessa altura o Senhor, que te tirou do Egito, que era para ti uma terra de escravidão. 13Respeita o Senhor, teu Deus, e presta-lhe culto6,13 Ver Mt 4,10; Lc 4,12. e não faças juramentos, senão pelo seu nome. 14Não adorem deuses estranhos, os deuses que adoram os povos à vossa volta. 15Pois o Senhor, vosso Deus, que está convosco, é um Deus que não tolera que tenham outros deuses. Não façam com que o Senhor, vosso Deus, se irrite contra vós e vos faça desaparecer da terra.

16Não provoquem o Senhor, vosso Deus, como já fizeram em Massá6,16 Ver Ex 17,1–7; Mt 4,7; Lc 4,12.. 17Esforcem-se por cumprir os mandamentos do Senhor, vosso Deus, as suas instruções e as leis, que ele vos deu. 18Pratiquem o que é justo e bom diante do Senhor, para serem felizes e poderem chegar a tomar posse da terra maravilhosa que o Senhor prometeu aos vossos antepassados, 19expulsando os vossos inimigos da vossa frente, tal como o Senhor vos prometeu.

20Quando os vossos filhos, um dia, vos perguntarem que instruções, leis e preceitos são estes que o Senhor, nosso Deus, nos deixou, 21devem responder assim: “Nós fomos escravos do faraó no Egito, e o Senhor, com o seu grande poder, tirou-nos de lá. 22Realizou sinais e prodígios enormes e terríveis contra os súbditos do faraó e toda a sua casa. Nós fomos testemunhas. 23Ele tirou-nos então de lá, para nos conduzir e nos dar a terra que tinha prometido aos nossos antepassados. 24Mandou-nos pôr em prática todas estas leis para respeitarmos o Senhor, nosso Deus, para termos prosperidade, como acontece atualmente e podermos conservar a vida que agora temos. 25Ficaremos justificados diante do Senhor, nosso Deus, se cumprirmos fielmente estes mandamentos que o Senhor nos deu6,25 Ou: O nosso dever para com Deus é cumprirmos fielmente estes mandamentos que ele nos deu..”»

7

Contra o culto dos falsos deuses

71«O Senhor, teu Deus, vai-te conduzir à terra para onde te diriges, a fim de tomares posse dela. Ele vai expulsar muitos povos: os hititas, os guirgaseus, os amorreus, os cananeus, os perizeus, os heveus e os jebuseus7,1 Ver At 13,19.. São sete povos maiores e mais fortes do que tu. 2O Senhor, teu Deus, vai colocá-los nas tuas mãos. Vais derrotá-los e destruí-los completamente7,2 Ver 2,34 e nota.. Não faças aliança com eles nem tenhas pena deles. 3Não faças casamentos com eles, nem tu, nem os teus filhos nem as tuas filhas. 4Pois, dessa forma, os teus filhos deixariam de me seguir e prestariam culto a outros deuses. O Senhor ficaria indignado contra vós e depressa vos faria desaparecer. 5O que devem fazer é destruir os seus altares, quebrar os seus monumentos religiosos7,5 Ver Ex 23,28., arrancar os seus postes sagrados7,5 Os postes sagrados estavam ligados ao culto da deusa Achera, divindade cananeia da fecundidade. e queimar as imagens dos falsos deuses7,5 Ver 12,3.. 6Tu és um povo consagrado ao Senhor, teu Deus. O Senhor, teu Deus, escolheu-te para seres o seu povo particular7,6 Ver Ex 19,5–6., dentre todos os povos que existem no mundo.»

Povo consagrado ao Senhor

7«O Senhor interessou-se por vós e escolheu-vos, não por serem um povo maior do que os outros, pois, de facto, são um povo bem pequeno no meio dos demais. 8Mas foi por amor, e para ser fiel ao juramento que fez aos vossos antepassados7,8 Ver Gn 13,14; 46,7. que o Senhor vos libertou com enorme poder, e vos arrancou da terra da escravidão, das mãos do faraó, rei do Egito.

9Fica sabendo que só o Senhor, teu Deus, é verdadeiramente Deus. Ele é fiel à sua aliança e trata com bondade, durante mil gerações, aqueles que o amam e guardam os seus mandamentos. 10Mas castiga individualmente os que não o amam, fazendo-os perecer, e não demora em dar o castigo a cada um daqueles7,10 Sobre os v. 9–10, ver Dt 5,9–10; Ex 20,5–6; 34,6–7; Nm 14,18.. 11Por isso, deves pôr em prática os mandamentos, leis e preceitos que eu hoje te dou.»

Frutos da obediência

12«Se escutares estes decretos e os puseres em prática, o Senhor, teu Deus, manterá a sua aliança e continuará a tratar-te com bondade, como prometeu aos teus antepassados. 13Há de mostrar-te o seu amor, abençoando-te e fazendo aumentar o número dos teus filhos e os produtos da tua terra: o teu trigo, o teu vinho, o teu azeite, as crias das tuas vacas e das tuas ovelhas, na terra que ele prometeu que te haveria de dar, por juramento feito aos teus antepassados7,13 Ver Dt 1,7.10 e notas, e ainda Gn 4,27; Ex 1,7; 32,13..

14Serás mais abençoado do que todos os outros povos: não terás ninguém estéril, nem homem, nem mulher, nem animais. 15O Senhor afastará de vós todas as doenças, aquelas terríveis pragas do Egito, que bem conheceram. Ele não as fará cair sobre vós, mas sim sobre os vossos inimigos. 16Mas tens que destruir todos os povos, que o Senhor, teu Deus, te vai entregar. Não tenhas pena deles, nem prestes culto aos seus deuses, porque isso é uma armadilha para ti7,16 Sobre os v. 12–16, ver 11,13–17..

17Podes estar a pensar contigo mesmo que eles são muito mais fortes do que tu e que não tens força para os desalojar. 18Não tenhas medo deles. Lembra-te do que o Senhor, teu Deus, fez ao faraó e a todo o Egito: 19as grandes provações que tu próprio presenciaste, os sinais e prodígios, o poder imenso e a força com que te fez sair de lá. O Senhor, teu Deus, voltará a fazer o mesmo para com todos os povos, de quem tu agora tens medo. 20Provocará entre eles um terror tão grande7,20 Ver Ex 23,28. que fará desaparecer até mesmo algum que tenha escapado. 21Não tenhas medo deles, porque o Senhor, teu Deus, está contigo e ele é um Deus poderoso e que se faz temer.

22Pouco a pouco o Senhor, teu Deus, expulsará esses povos da tua frente. Não podes acabar com eles muito depressa para não atrair os animais ferozes, com perigo para ti mesmo. 23O próprio Senhor, teu Deus, os colocará à tua disposição, enchendo-os de terror até desaparecerem completamente. 24Ele colocará os seus reis nas tuas mãos e tu farás com que eles nunca mais sejam recordados neste mundo. Ninguém te conseguirá oferecer resistência e vais destruí-los a todos.

25Queima as imagens dos seus deuses, mas não cobices a prata e o ouro que os reveste. Se te apropriares disso, será uma armadilha para ti porque o Senhor, teu Deus, tem horror a essas coisas. 26Não leves essas imagens abomináveis para casa, pois ficarias condenado à mesma destruição a que estão condenadas tais coisas. Deves ter desprezo e horror por tudo isso, porque são coisas condenadas à destruição7,26 Ver 2,34 e nota.