a BÍBLIA para todos Edição Católica (BPTct)
3

Maus governantes e falsos profetas

31Ouçam o que tenho a dizer-vos,

ó governantes e chefes de Israel!

O vosso dever é conhecer a justiça.

2No entanto, detestam o bem

e apreciam o mal,

arrancam a pele ao meu povo

e devoram-lhe a carne até aos ossos.

3Sim, comem o meu povo vivo,

arrancam-lhe a pele e quebram-lhe os ossos;

tratam-no como se fosse carne para a panela.

4Um dia hão de chamar pelo Senhor,

mas ele não vos responderá.

Nesse dia, há de desviar de vós o seu olhar,

por causa do mal que praticaram.

5O meu povo é enganado pelos profetas

que prometem paz aos que lhes pagam,

mas ameaçam com a guerra

os que não lhes dão nada.

Por isso, a esses profetas, o Senhor declara

6que não voltarão a ter visões proféticas, de noite,

nem a predizer o futuro na escuridão!

O Sol vai pôr-se para esses profetas;

e o dia transforma-se para eles em escuridão.

7Esses videntes e adivinhos serão cobertos de ridículo.

Todos eles ficarão calados e envergonhados,

porque Deus não vai dar resposta às suas profecias.

8Quanto a mim, o Espírito do Senhor

encheu-me de força, justiça e coragem,

para anunciar a Israel a sua rebeldia

e o seu pecado.

9Ouçam bem agora, governantes e chefes de Israel!

Odeiam a justiça

e torcem tudo o que está direito;

10edificam Sião com sangue

e Jerusalém com iniquidade.

11Os magistrados deixam-se subornar,

para darem sentenças injustas;

os sacerdotes só ensinam por dinheiro

e os profetas vendem as suas previsões.

Alegam que o Senhor os apoia e dizem:

«O Senhor está connosco;

nada de mal nos há de acontecer!»

12Pois, por vossa culpa,

Jerusalém vai ficar como um campo lavrado;

será reduzida a um montão de ruínas

e o monte do templo ficará coberto de arbustos.