a BÍBLIA para todos Edição Católica (BPTct)
27

A herança das mulheres

271Na tribo de Manassés, havia cinco irmãs, Mala, Noa, Hogla, Milca e Tirça, que eram filhas de Selofad e descendentes de José por Manassés, Maquir, Guilead e Héfer. 2Um dia apresentaram-se diante de Moisés e do sacerdote Eleazar, dos chefes e de toda a comunidade, à entrada da tenda do encontro e disseram: 3«O nosso pai morreu no deserto, mas não pertencia ao grupo daqueles que, juntamente com Coré, se revoltaram contra o Senhor. O nosso pai morreu por pecados que ele cometeu e não deixou filhos herdeiros. 4Por que é que o nome do nosso pai haveria de desaparecer da família, por causa de não ter tido filhos? Dá-nos o direito de tomarmos parte na herança, tal como os irmãos do nosso pai.»

5Moisés foi apresentar a causa delas diante do Senhor 6e o Senhor disse a Moisés: 7«As filhas de Selofad têm razão. Deves dar-lhes o direito de terem parte na herança, tal como os irmãos de seu pai e fazer com que elas recebam as heranças do seu pai27,7 Ver 36,2.. 8Além disso, diz aos israelitas que, no caso de um homem morrer sem deixar filhos, a sua herança passa para as filhas. 9Se também não tiver filhas, a herança deve passar para os irmãos. 10Se também não tiver irmãos, a herança passa aos irmãos do seu pai. 11Se o seu pai também não tiver irmãos, a herança passa para o seu parente mais próximo. É esse que ficará com a herança. Esta é a lei válida para os israelitas, tal como o Senhor ordenou a Moisés.»

Josué escolhido para suceder a Moisés

12O Senhor disse a Moisés: «Sobe ali ao monte Abarim27,12 O monte Abarim pertence à cadeia montanhosa que domina a margem leste do Jordão e do mar Morto., para veres a terra que eu vou dar aos israelitas. 13E, depois de a teres visto, irás tu também juntar-te aos teus antepassados que morreram, como o teu irmão Aarão já foi. 14Pois revoltaram-se contra as minhas ordens no deserto de Sin, quando o povo protestava, pedindo água, e recusaram-se a reconhecer a minha santidade. Foi o que aconteceu na nascente de Meriba27,14 Ver Nm 20,1–13. E ainda Dt 3,23–27; 32,48–52., em Cadés, no deserto de Sin.»

15Moisés disse ao Senhor: 16«Ó Senhor, tu és o Deus que dá vida a todos os seres vivos; nomeia um chefe para este povo, 17um chefe que esteja à sua frente para onde quer que vá, de modo que o teu povo não ande como um rebanho que não tem pastor27,17 Ver 1 Rs 22,17; Ez 34,5; Mt 9,36; Mc 6,34.

18O Senhor respondeu a Moisés: «Chama Josué, filho de Nun, que é um homem de muitas qualidades. Põe as tuas mãos sobre a sua cabeça 19e leva-o à presença do sacerdote Eleazar e de toda a comunidade. Diante deles, dá-lhe instruções 20e entrega-lhe parte das responsabilidades que tens, de modo que todo o povo seja testemunha disso27,20 Ou: para que todo o povo lhe obedeça.. 21Estando ele assim diante do sacerdote Eleazar, este deve consultar o Senhor por meio dos dados sagrados27,21 Trata-se do Urim. Ver Ex 28,30 e nota.. Tanto Josué como o povo de Israel devem, em qualquer circunstância, seguir as suas ordens27,21 Ou: E Josué é que deve dar ordens aos israelitas, em tudo o que tiverem de fazer.

22Moisés fez como o Senhor lhe tinha mandado. Chamou Josué e foi apresentá-lo diante do sacerdote Eleazar e de toda a comunidade; 23colocou as mãos sobre a cabeça de Josué e deu-lhe instruções, tal como o Senhor tinha mandado.

28

As ofertas diárias

281O Senhor disse a Moisés: 2«Ordena aos israelitas e recomenda-lhes que não deixem de me apresentar no tempo fixado as ofertas de pão e as que devem ser queimadas como oferta do meu agrado.

3Diz-lhes também que estas são as ofertas que devem queimar em honra do Senhor: diariamente, dois cordeiros de um ano, sem defeito. É um holocausto a oferecer diariamente. 4Um dos cordeiros deve ser oferecido pela manhã e o outro ao cair da noite. 5A correspondente oferta de cereais deve ser de dois quilos da melhor farinha amassada em um litro de azeite puro. 6É este o holocausto diário, como se fazia no monte Sinai, holocausto do agrado do Senhor e oferta que era queimada em sua honra.

7A correspondente oferta de vinho a acompanhar o cordeiro da manhã será de um litro. E esta oferta de vinho deve derramar-se no santuário, em honra do Senhor.

8O segundo cordeiro deve ser oferecido ao cair da noite, com a mesma oferta de cereais e de vinho indicada para o cordeiro da manhã, como oferta a ser queimada em honra do Senhor e que é do seu agrado.»

Ofertas do sábado

9«Aos sábados, devem oferecer dois cordeiros de um ano, sem defeito, e quatro quilos da melhor farinha amassada com azeite, como oferta de cereais, com a correspondente oferta de vinho. 10Este é um holocausto próprio de cada sábado, que deve ser acrescentado ao holocausto diário com a sua oferta de vinho.»

Ofertas mensais

11«No primeiro dia de cada mês, devem oferecer em holocausto ao Senhor dois touros, um carneiro e sete cordeiros de um ano, todos sem defeito. 12Por cada touro devem oferecer seis quilos da melhor farinha amassada com azeite; por cada carneiro, quatro quilos de farinha amassada com azeite 13e por cada cordeiro, dois quilos de farinha amassada com azeite. É um holocausto agradável ao Senhor, uma oferta a ser queimada em sua honra.

14A oferta correspondente de vinho deve ser de dois litros por cada touro, litro e meio por cada carneiro e um litro por cada cordeiro.

Este é o holocausto próprio do primeiro dia do mês, para todos os meses do ano. 15E além do holocausto diário, devem ainda oferecer ao Senhor um bode como sacrifício pelo pecado, acrescentando-lhe a correspondente oferta de vinho.»

Ofertas da Páscoa

16«No dia catorze do primeiro mês28,16 Ver Ex 12,1–13., celebra-se a Páscoa em honra do Senhor 17e no dia quinze do mesmo mês é o primeiro dia de festa. Durante sete dias devem comer pão sem fermento. 18No primeiro dia, devem reunir-se para adorar o Senhor e não devem fazer nenhuma espécie de trabalho. 19E devem apresentar, como oferta para ser queimada em holocausto ao Senhor, dois touros, um carneiro e sete cordeiros de um ano, sem defeito. 20Como oferta de cereais correspondente a eles, devem apresentar seis quilos de farinha por cada touro, quatro pelo carneiro 21e dois quilos por cada um dos sete cordeiros. 22Devem oferecer também um bode como sacrifício para obter o perdão dos pecados. 23Estas ofertas devem ser apresentadas, além dos holocaustos da manhã, que fazem parte do holocausto diário. 24E assim devem fazer em cada um dos sete dias da festa, apresentando alimentos e ofertas para serem queimados em honra do Senhor, e que serão do seu agrado, além dos holocaustos diários; devem acrescentar ainda a correspondente oferta de vinho. 25No sétimo dia, devem fazer uma assembleia de oração em honra do Senhor e não devem fazer nenhuma espécie de trabalho28,25 Sobre os v. 17–25, ver Ex 12,14–20.

Ofertas do Pentecostes

26«No dia da festa dos primeiros frutos, quando fizerem a nova oferta ao Senhor, isto é, na festa do Pentecostes28,26 A festa do Pentecostes chama-se também festa da Ceifa. Ver Ex 23,16; 34,22; Lv 23,15–21; Dt 16,9–12., devem também reunir-se para adorar o Senhor e não devem fazer nenhuma espécie de trabalho. 27E devem oferecer, em holocausto agradável ao Senhor, dois touros, um carneiro e sete cordeiros de um ano. 28A correspondente oferta de cereais é de seis quilos de farinha amassada com azeite, por cada touro, quatro quilos pelo carneiro 29e dois quilos por cada um dos sete cordeiros. 30Devem também oferecer um bode como sacrifício pelos vossos pecados. 31E devem fazer isto, para além do holocausto diário com a sua correspondente oferta de cereais e de vinho. Os animais em questão têm de ser sem defeito.»

29

Ofertas da festa da Proclamação

291«No primeiro dia do sétimo mês, devem reunir-se para adorar o Senhor e não devem fazer nenhuma espécie de trabalho. Esse dia deve ser proclamado pelo toque de trombetas29,1 Ver Lv 23,24.. 2Como holocausto agradável ao Senhor, devem oferecer um novilho, um carneiro e sete cordeiros de um ano, sem defeito, 3com a correspondente oferta de cereais de farinha amassada com azeite: seis quilos pelo touro, quatro quilos pelo carneiro 4e dois quilos por cada cordeiro. 5Devem oferecer também um bode como sacrifício pelo perdão dos vossos pecados. 6Isto, para além do holocausto próprio do primeiro dia do mês e do holocausto diário, com as suas ofertas de cereais e de vinho, segundo as normas.

É uma oferta do agrado do Senhor a ser queimada em sua honra.»

Ofertas para o Dia das Expiações

7«No dia dez desse sétimo mês, devem reunir-se para adorar o Senhor, fazer penitência e não fazer nenhuma espécie de trabalho. 8E devem oferecer em holocausto agradável ao Senhor um touro, um carneiro e sete cordeiros de um ano, sem defeito. 9Com eles devem fazer a correspondente oferta de cereais: seis quilos da melhor farinha amassada em azeite, pelo novilho; quatro quilos pelo carneiro 10e dois quilos por cada um dos sete cordeiros. 11E devem oferecer um bode em sacrifício pelo pecado, além do sacrifício próprio do dia da expiação e do holocausto diário, com as correspondentes ofertas de cereais e de vinho29,11 Sobre os v. 7–11, ver Lv 16; 23,27–32.

Ofertas para a festa das Tendas

12«No dia quinze do sétimo mês, devem reunir-se para adorar o Senhor e não devem fazer nenhuma espécie de trabalho. Devem celebrar festa em honra do Senhor, durante sete dias29,12 É a festa das Tendas ou a festa da Colheita. Ver Ex 23,16; 34,22; Lv 23,33–34; Dt 16,13–15..

13No primeiro dia, devem oferecer em holocausto, como oferta agradável a ser queimada em honra do Senhor, treze touros, dois carneiros e catorze cordeiros de um ano, sem defeito. 14Com eles, devem apresentar a correspondente oferta de farinha amassada com azeite: seis quilos por cada um dos treze touros, quatro quilos por cada um dos dois carneiros 15e dois quilos por cada um dos catorze cordeiros. 16Devem oferecer também um bode em sacrifício pelo pecado, isto, para além do holocausto diário com as suas ofertas de cereais e de vinho.

17No segundo dia, devem oferecer doze touros, dois carneiros e catorze cordeiros de um ano, sem defeito, 18com as correspondentes ofertas de cereais e de vinho, segundo o número de touros, carneiros ou cordeiros, como está mandado. 19Devem também oferecer um bode em sacrifício pelo pecado, além do holocausto diário, com as suas ofertas de cereais e de vinho.

20No terceiro dia, devem oferecer onze touros, dois carneiros e catorze cordeiros de um ano, sem defeito, 21com as correspondentes ofertas de cereais e de vinho, segundo o número de touros, carneiros ou cordeiros, como está mandado. 22Devem oferecer também um bode como sacrifício pelo pecado, além do holocausto diário com a sua oferta de cereais e de vinho.

23No quarto dia, devem oferecer dez touros, dois carneiros e catorze cordeiros de um ano, sem defeito, 24com as correspondentes ofertas de cereais e de vinho, segundo o número de touros, carneiros e cordeiros, como está mandado. 25E devem oferecer um bode em sacrifício pelo pecado, além do holocausto diário, com a sua oferta de cereais e de vinho.

26No quinto dia, devem oferecer nove touros, dois carneiros e catorze cordeiros de um ano, sem defeito, 27com as correspondentes ofertas de cereais e de vinho, segundo o número de touros, carneiros e cordeiros, como está mandado. 28E devem oferecer um bode em sacrifício pelo pecado, além do holocausto diário, com a sua oferta de cereais e de vinho.

29No sexto dia, devem oferecer oito touros, dois carneiros e catorze cordeiros de um ano, sem defeito, 30com as correspondentes ofertas de cereais e de vinho, segundo o número de touros, carneiros e cordeiros, como está mandado. 31E devem oferecer um bode em sacrifício pelo pecado, além do holocausto diário, com a sua oferta de cereais e de vinho.

32No sétimo dia, devem oferecer sete touros, dois carneiros e catorze cordeiros de um ano, sem defeito, 33com as correspondentes ofertas de cereais e de vinho, segundo o número de touros, carneiros e cordeiros, como está mandado. 34E devem oferecer um bode em sacrifício pelo pecado, além do holocausto diário, com a sua oferta de cereais e de vinho.

35No oitavo dia, devem fazer uma reunião de festa e não devem fazer nenhuma espécie de trabalho. 36Devem oferecer em holocausto, como oferta a ser queimada em honra do Senhor e do seu agrado, um touro, um carneiro e sete cordeiros de um ano, sem defeito, 37com as correspondentes ofertas de cereais e de vinho, pelo touro, pelo carneiro e pelos cordeiros, como está mandado. 38E devem oferecer um bode em sacrifício pelo pecado, além do holocausto diário, com a sua oferta de cereais e de vinho.

39Devem fazer tudo isto em honra do Senhor, nas datas que vos foram marcadas, além do que podem oferecer ainda ao cumprirem as vossas promessas e ao fazerem as vossas ofertas voluntárias, holocaustos, ofertas de cereais e de vinho e sacrifícios de comunhão.»

Utilizamos cookies de acordo com o nossa Política de Privacidade, respeitamos a privacidade dos seus dados.[ocultar mensagem]