a BÍBLIA para todos Edição Católica (BPTct)
11

Confiança no Senhor

111Ao diretor do coro. Salmo da coleção de David.

Eu confio no Senhor.

«Para que estão à minha espreita,

perseguindo-me como uma ave?»

2Reparem como os malvados armam o arco

e põem as flechas na corda,

para dispararem às escondidas contra os homens justos.

3Mas quando os próprios fundamentos se abatem,

que pode então fazer o justo?

4O Senhor está no seu santo templo;

o Senhor tem o seu trono no céu

e, com os seus olhos bem abertos,

vigia os homens atentamente.

5O Senhor põe à prova os bons e os maus

e detesta os que amam a violência.

6O Senhor fará chover sobre os maus

brasas e enxofre, com vento tempestuoso.

Assim eles terão o que merecem,

7porque o Senhor é justo e quer a justiça.

E os que forem justos serão admitidos à sua presença.

12

Súplica em tempo de corrupção

121Ao diretor do coro. Para oito cordas. Salmo da coleção de David.

2Salva-nos, Senhor, pois são cada vez menos os homens bons

e há poucos que sejam sinceros.

3Mentem uns aos outros;

falam com hipocrisia e falsas intenções.

4Acaba, Senhor, com os hipócritas

e com os que falam com arrogância.

5Eles dizem: «Com as nossas palavras venceremos.

Elas são a nossa força. Quem nos poderá dominar?»

6O Senhor diz: «Por causa da aflição dos humildes

e dos gemidos dos pobres

vou levantar-me e dar-lhes a ajuda que tanto desejam.»

7E as promessas do Senhor são verdadeiras,

são como a prata mais pura,

refinada no forno sete vezes.

8Tu, Senhor, cuidarás de nós

e nos defenderás sempre dessa gente.

9Os maus rondam por toda a parte

preparando armadilhas contra os humanos12,9 Ou: Os maus rondam por toda a parte e a Humanidade vai-se corrompendo. Ou: os maus rondam por toda a parte e toda a gente louva a maldade..

13

Súplica confiante

131Ao diretor do coro. Salmo da coleção de David.

2Até quando, Senhor?

Estarás esquecido de mim para sempre?

Até quando desviarás de mim o teu olhar?

3Até quando o meu coração e a minha alma

hão de sofrer e estar tristes noite e dia?

Até quando é que o meu inimigo triunfará sobre mim?

4Olha para mim, Senhor meu Deus;

responde-me e ilumina os meus olhos,

para que eu não caia no sono da morte.

5Não deixes que os meus inimigos digam:

«Conseguimos derrotá-lo!»

Não permitas que se alegrem com o meu fracasso.

6Eu confio no teu amor;

o meu coração alegra-se na tua salvação.

Cantarei ao Senhor, pelo bem que me tem feito.