a BÍBLIA para todos Edição Católica (BPTct)
3

Oração pedindo ajuda

31Salmo da coleção de David, quando fugiu de seu filho Absalão3,1 Ver 2 Sm 15,13—17,22..

2Senhor, são tantos os meus inimigos!

Tantos os que se levantam contra mim.

3Muitos dizem a meu respeito:

«Nem Deus o poderá salvar3,3 O texto hebraico acrescenta aqui a palavra selah, que pode ser uma indicação musical litúrgica para pausa, repetição ou mudança de voz. Aparece 71 vezes em 39 dos salmos, mas como é incerto o seu significado, preferimos omiti-la.

4Mas tu, Senhor, és o meu escudo protetor;

és tu a minha glória e fazes-me erguer a cabeça.

5Com a minha voz clamo ao Senhor

e ele responde-me do seu monte sagrado.

6Deito-me e durmo toda a noite

e depois acordo, porque o Senhor me protege.

7Não tenho medo dos milhares de inimigos,

que me rodeiam, para me atacar.

8Vem, Senhor! Salva-me, ó meu Deus,

tu que feres na face os meus inimigos

e quebras os dentes aos maus.

9Ó Senhor envia a salvação

e a bênção para o teu povo.

4

Plena confiança no Senhor

41Ao diretor do coro. Salmo da coleção de David. Com instrumentos de cordas.

2Ó Deus, meu defensor, escuta-me, quando te invoco!

Tu, que na angústia me deste alívio,

tem compaixão de mim e ouve a minha oração.

3Homens, até quando será desprezada a minha glória?

Por que andam à procura do que é falso,

em busca do que não tem sentido?

4Saibam que o Senhor faz maravilhas

por aquele que lhe é fiel,

e que me escutará, quando o invocar.

5Tremam de medo e não pequem mais4,5 Ver Ef 4,26..

Examinem a vossa consciência nos vossos leitos

e fiquem em silêncio e chorem de arrependimento.

6Ofereçam sacrifícios verdadeiros

e confiem no Senhor.

7Muitos dizem: «Quem nos dará a felicidade,

já que os teus olhos se afastaram de nós, Senhor

8Tu, porém, dás mais alegria ao meu coração

do que quando eles têm trigo e vinho em abundância.

9Deito-me em paz e logo adormeço,

porque só tu, Senhor, me fazes viver em segurança.

5

Pedido de proteção contra os inimigos

51Ao diretor do coro. Salmo da coleção de David. Com flautas.

2Senhor, escuta as minhas palavras,

atende a minha prece,

3ouve o meu grito de súplica,

ó meu rei e meu Deus

pois a ti elevo a minha oração.

4Pela manhã, Senhor, escuta a minha voz,

quando, ao nascer do sol, me apresento a ti

e aguardo a tua resposta.

5Tu não és um Deus que se agrade do mal;

os maus não podem viver ao teu lado.

6Na tua presença não resistirão os orgulhosos

pois detestas os que fazem o mal

7e destróis os mentirosos.

O Senhor detesta o assassino e o fraudulento.

8Mas eu, pela grandeza do teu amor,

posso entrar na tua casa

e adorar-te com reverência no teu santo templo5,8 O autor distingue aqui santo templo ou santuário, em hebraico hekal, onde só os sacerdotes podiam entrar, de casa de Deus, no sentido amplo, incluindo os pátios que rodeavam o santuário, onde os fiéis podiam entrar. Ver 1 Rs 6..

9Conduz-me, Senhor, na tua justiça

e defende-me dos meus inimigos.

Torna plano para mim o teu caminho.

10Na boca dos meus inimigos não há sinceridade;

por dentro só têm corrupção.

A sua garganta é um sepulcro aberto

e a sua língua conduz à destruição5,10 Ver Rm 3,13..

11Castiga-os, ó meu Deus!

Que as suas intrigas se voltem contra eles.

Expulsa-os pelos seus numerosos crimes,

porque se revoltaram contra ti.

12Alegrem-se todos os que confiam em ti,

cantem de alegria eternamente,

porque tu os proteges.

Os que te amam alegram-se em ti,

13porque tu, Senhor, abençoas aquele que é justo

e a tua bondade o defende como um escudo.