a BÍBLIA para todos Edição Católica (BPTct)
65

Deus é digno de louvor

651Ao diretor do coro. Salmo da coleção de David. Cântico.

2Ó Deus, é justo que te louvem em Sião

e te sejam pagas as promessas feitas.

3Tu escutas as nossas orações

e por isso todos correm para ti,

4reconhecendo os seus pecados.

São muitas as nossas faltas,

mas tu perdoas-nos.

5Feliz aquele que tu escolhes e atrais

para viver no teu templo, junto de ti.

Sentiremos o prazer da casa,

o teu santo templo!

6Tu nos respondes, ó Deus, nosso salvador,

com admiráveis atos de justiça;

tu pões em segurança toda a terra

e a imensidão dos mares.

7Tu manténs firmes as montanhas

com o teu poder e a tua força.

8Tu acalmas o bramido dos mares,

o estrondo das ondas e o tumulto dos povos.

9Até os que habitam em terras distantes

tremem perante as tuas maravilhas;

os teus feitos trazem gritos de alegria

de um extremo ao outro da terra.

10Tu cuidas da terra, enviando-lhe o orvalho

e torna-la rica e fértil.

Enches a transbordar os rios caudalosos

e fazes com que a terra produza o trigo,

pois foi para isso que a criaste.

11Irrigas os sulcos, regulando a sua altura;

amoleces a terra com chuvas abundantes

e abençoas as suas sementeiras.

12A tua bondade favorece as colheitas!

Por onde quer que vás há abundância.

13As pastagens do deserto tornam-se verdejantes

e as colinas revestem-se de riqueza.

14Os campos cobrem-se de rebanhos;

e os vales enchem-se de trigais;

todos aclamam e cantam de alegria!

66

Cântico de louvor e ação de graças

661Ao diretor do coro. Cântico e Salmo.

Aclamem a Deus com alegria,

habitantes de toda a terra!

2Cantem hinos ao seu nome glorioso,

proclamem os seus louvores

3e digam: «As tuas obras são maravilhosas, ó Deus!

O teu poder é tão grande

que os teus inimigos se curvam aterrados perante ti.

4Toda a terra te adora e canta louvores;

todos cantam hinos ao teu nome.»

5Venham ver as obras de Deus,

as maravilhas que ele fez diante dos homens:

6converteu o mar66,6 Trata-se do Mar Vermelho. Ver 114,3.5; Ex 14,21. em terra seca;

os nossos antepassados atravessaram o rio66,6 Referência ao rio Jordão. Ver Js 3,14–17. a pé.

Alegremo-nos por isso!

7Com o seu poder governa para sempre;

com os seus olhos, vigia as nações,

para que os rebeldes não se levantem contra ele.

8Povos, bendigam o nosso Deus!

Façam ouvir hinos em seu louvor!

9É ele quem salva as nossas vidas

e não permite que os nossos pés resvalem.

10Ó Deus, puseste-nos à prova;

purificaste-nos como se faz à prata!

11Fizeste-nos cair na armadilha;

sobrecarregaste-nos demais.

12Fizeste cavalgar homens sobre as nossas cabeças;

passámos pelo fogo e pela água,

mas, por fim, trouxeste-nos alívio.

13Hei de oferecer sacrifícios no teu templo,

e pagarei as minhas promessas,

14promessas que eu próprio te fiz,

quando estava em aflição.

15Queimarei no teu altar animais gordos;

hei de oferecer-te carneiros, novilhos e cabritos.

16Venham ouvir, todos os que temem a Deus!

Contar-lhes-ei aquilo que ele fez por mim!

17Chamei-o pedindo-lhe auxílio;

louvei-o com cânticos.

18Se eu tivesse feito algum mal,

o Senhor não ouviria a minha voz.

19Mas Deus ouviu-me

e atendeu a minha oração.

20Bendito seja Deus, que não rejeitou a minha oração

nem me faltou com a sua bondade.

67

Convite a louvar a Deus

671Ao diretor do coro. Com instrumentos de cordas. Salmo e cântico.

2Ó Deus, tem piedade de nós e abençoa-nos;

faz com que a tua luz brilhe sobre nós,

3para que se conheçam na terra os teus caminhos

e em todas as nações a tua salvação.

4Louvem-te, os povos, ó Deus!

Que todos os povos te louvem!

5Que as nações exultem de alegria,

pois tu governas os povos com justiça

e reges as nações do mundo!

6Louvem-te, os povos, ó Deus!

Que todos os povos te louvem!

7O campo dá os seus frutos;

e Deus, o nosso Deus, nos abençoa!

8Que Deus nos abençoe!

E todos os confins da terra

o hão de tratar com respeito!