Missão e História

A nossa Missão:

“Levar a Bíblia às pessoas e trazer a pessoas à Bíblia” é muito mais do que editar Bíblias, é colocar a Palavra de Deus na rua, entre as crianças e os jovens, nos hospitais, nos lares, nas prisões e em formatos que vão ao encontro das suas necessidades.
Numa sociedade cada vez mais secularizada e, por vezes, ignorante da matriz cristã dos seus valores e cultura, é preciso mostrar a relevância e sabedoria da Bíblia no tempo presente e o seu valor inestimável como veículo para um encontro com Deus.

 

A nossa História

O início do movimento das Sociedades Bíblicas remonta ao ano de 1804 quando foi constituída na cidade de Londres, em Inglaterra, a Sociedade Bíblica Britânica e Estrangeira. O trabalho e missão, então, iniciados vão buscar a sua inspiração, entre outras, a uma menina galesa do final do século XVIII, de nome Mary Jones, que desejava muito uma Bíblia na sua língua materna. Para o conseguir teve de trabalhar cerca de 8 anos e andar a pé dezenas de quilómetros até concretizar o seu sonho. Thomas Jones, profundamente tocado pelo testemunho desta menina desejou que histórias como esta não se repetissem, e sonhou com a Bíblia traduzida em todas as línguas e acessível a todas as pessoas em todo o mundo.

Cedo o trabalho das Sociedades Bíblicas se começou a expandir para outros países tanto na Europa como na América do Norte. Em Portugal a primeira distribuição bíblica por ação da Sociedade Bíblica Britânica e Estrangeira ocorre em 1809, com a distribuição de cerca de 5 mil exemplares do Novo Testamento na tradução de João Ferreira de Almeida na ilha da Madeira.

Estima-se que existam mais de 7.000 línguas no mundo inteiro, das quais cerca de 3.700 ainda não têm nenhuma parte das escrituras traduzidas, representa um universo de cerca de 2% da população mundial sem acesso à Palavra de Deus e cerca de 15% apenas tem acesso a partes da Bíblia.

Utilizamos cookies de acordo com o nossa Política de Privacidade, respeitamos a privacidade dos seus dados.[ocultar mensagem]