11 - A história de José - CONFLITO FAMILIAR

A HISTÓRIA DE JOSÉ
As próximas cinco leituras vão levar-nos à história de José. Como veremos, a Bíblia dá muito “tempo de antena” a José. E podemos, com alguma razão, perguntar: “Porquê?” O que tem este homem de tão importante que mereça ter catorze capítulos em Génesis, dedicados aos altos e baixos da sua vida?

Por um lado, a história de José forma um elo importante entre os patriarcas (Abraão, Isaac e Jacob) e Moisés. A maioria das pessoas, conhece a história de Moisés e sabe como confrontou Faraó e lhe ordenou que deixasse o povo ir. Mas, é a história de José que nos mostra como, e por que razão, o povo de Israel acabou no Egito.

Outro aspeto, acerca da vida de José é que esta demonstra, claramente, a soberania de Deus, isto é, o seu controlo total sobre todas as coisas. Não importa quão difícil a situação de José se torna, e sabemos que se torna bas-tante grave, Deus utiliza sempre essa circunstância para o bem (Génesis 50:20; Romanos 8:28). Esta é uma lembrança encorajadora, quando enfrentamos crises e problemas na nossa vida atual.

Mas, talvez o aspeto mais significativo, ainda, da narrativa de José seja o facto de esta se tornar o capítulo seguinte da “grande história” da Bíblia: o plano de Deus para a salvação de todas as pessoas. Há alguns anos atrás, Deus disse a Abraão que a sua família se tornaria numa grande nação e seria uma bênção para o mundo inteiro. Mas, naquela altura, os descendentes de Abraão eram um grupo heterogéneo de viajantes nómadas, com um vasto historial de problemas familiares. Parecia que qualquer situação difícil que aconteces-se, como uma fome, seria suficiente para separar a família e acabar com a “grande história” de vez.

Mas, Deus permitiu que José e os seus irmãos se metessem numa confusão, para poder demonstrar a sua disponibilidade e capacidade para libertar o povo que tinha escolhido. Na altura em que decorre esta parte da “grande história”, a libertação é da fome e da opressão (Génesis 45:4-7). Mais tarde, Deus haveria de realizar uma libertação muito maior: do pecado e da morte, através da obra do seu Filho, Jesus. Era esta a grande bênção que Deus tinha em mente desde o princípio, e é isto que torna a história deste homem tão importante.

ORAÇÃO
Senhor, aprecio muito a oportunidade de estar próximo de ti. Por favor, ajuda-me a compreender o que leio e o que queres que faça em resposta.

Texto (s) da Bíblia

REFLEXÃO

Não é preciso ser um génio para perceber por que motivo esta família tinha problemas. Como na maioria das rivalidades entre irmãos, raramente, a culpa é somente de um. Quando as coisas correm mal, temos tendência para nos lembrarmos de uma grande discussão, mas, geralmente, esquecemos que até a tensão chegar a esse ponto de ebulição, levou o seu tempo a crescer. Vejamos o que levou as coisas a aquecer na família de José.

Favoritismo José, provavelmente, era uma criança dotada. Mas, isso não era razão para que o pai o favorecesse em relação aos irmãos, dando-lhe um presente (37:3). Ao fazê-lo, Jacob abriu a porta a muita amargura. Uma das coisas mais destrutivas na família é a utilização do “amor” como ferramenta de manipulação ou de controlo.

Arrogância José sabia, seguramente, que ninguém gosta de “queixinhas”, muito menos, os irmãos mais velhos (37:2). Mas, parece não se importar com isso. Chega, até, a usar as suas experiências espirituais para provocar os irmãos (37:5-9). Deus deu dons espirituais a cada um de nós, mas, para serem usados eficazmente, têm de ser combinados com humildade.

Ciúmes O que mais incomodava os irmãos, era quererem o que José tinha — a bênção do seu pai (37:11). Imaginem como as coisas poderiam ter sido diferentes, se Jacob tivesse convocado uma reunião familiar para dizer: “Eu amo a cada um de vocês.” Será que existem pessoas na tua família que precisam de saber que tu as amas?

Ódio Esta passagem diz três vezes, que os irmãos odiavam José (37:4, 5, 8). Se não resolvermos os nossos sentimentos de raiva, eles vão destruir-nos de dentro para fora. É muito melhor seguir o exemplo de Jesus (Mateus 5:43-48, Mateus 18:15-17) e lidar atempadamente com as pequenas ofensas, antes que as feridas infetem e se transformem em ódio puro.

APLICAÇÃO

Quais são as causas de conflito e tensão na tua família? Como podes expressar amor genuíno àqueles que mais precisam?

ORAÇÃO

Pai, estou tão grato por me amares. Ajuda-me a amar, verdadeiramente, as pessoas à minha volta, especialmente, as da minha família.

Sociedade Bíblica de Portugal
Rua Vasco Santana, 6 - Loja D.
2675-629 Odivelas
Portugal
Telefone: (+351) 213 545 534
info@sociedadebiblica.pt
www.lojadabiblia.pt
Desde 1809 a operar em Portugal, com a missão de Levar a Bíblia às pessoas e trazer as pessoas à Bíblia!
Google Playstore

Apple Appstore