12 - A história de José - NÃO É JUSTO!

ORAÇÃO
Senhor, tens sido tão bom para mim. Obrigado pelas muitas for-mas, pelas quais me tens abençoado.

Texto (s) da Bíblia

REFLEXÃO

Quando conhecemos José pela primeira vez, ele era um adolescente egoísta que irritava a família propositadamente. Embora estivesse a precisar de uma lição, esta foi muito dura: foi vendido como escravo, foi acusado injustamente e atira-do para a prisão. Como poderia isto ser o plano de Deus?

Mas, alguma coisa aconteceu a José pelo caminho. Talvez o trauma de ter sido rejeitado pelos irmãos e de estar preso longe de casa o tenha levado a uma pro-funda reflexão. Ou talvez tenha, simplesmente, percebido que a sua vida estava a ir na direção errada. O quer que tenha sido, ajudou José a amadurecer. Na ver-dade, ele tornou-se um modelo de força moral (39:8-10) e tornou-se sensível às oportunidades de ministério à sua volta (40:6-8).

Como reages quando a vida é injusta? Atacas as pessoas à tua volta? Desistes e entregas-te à depressão? Culpas Deus? José tinha todas as razões para fazer estas e mais coisas. Mas, não o fez e existem, pelo menos, duas razões para tal.

Ele colocou Deus no centro Quando a mulher de Potifar o tenta, José percebe que é a Deus que tem de prestar contas (39:9). Mais tarde, na prisão, dá a Deus o crédito pela sua capacidade de interpretar sonhos (40:8b). José colocou Deus no centro da sua vida e isso deu-lhe uma perspetiva completamente nova, e poder para lidar com os problemas que enfrentou.

Ele confia no plano de Deus À primeira vista, a vida de José parece uma confusão, mas, no fundo, é Deus quem está no controlo (39:2, 21). Os tempos de crise fazem-nos aprofundar o nosso relacionamento com Deus. Não devemos procurar problemas, mas os tempos difíceis, de facto, oferecem-nos algumas das melhores oportunidades para crescermos na fé. Contudo, para agarrarmos essas oportunidades temos de confiar que Deus tem um plano — quando as coisas correm bem, ou mal.

APLICAÇÃO

Que dificuldades experimentas na tua vida, presentemente? Passa algum tempo em oração, ouvindo e pedindo a Deus que te mostre o que ele te quer ensinar e como te podes aproximar dele.

ORAÇÃO

Senhor, detesto quando as coisas correm mal. Mas quero aproximar-me de ti, por isso, ajuda-me a ver o que estás a fazer em tempos difíceis.