14 - A história de José - JOGOS MENTAIS

ORAÇÃO
Sabes como me sinto hoje, Senhor, quando venho passar tempo contigo. Por favor, abre o meu coração às coisas que queres que eu saiba.

Texto (s) da Bíblia

REFLEXÃO

José resistiu ao mal no passado (39:10), mas, esta tentação era demais. Afinal, todos os irmãos fizeram o mesmo, deve ter sido difícil conter-se. “Atirem-me para o fosso! Despachem-me rio abaixo! Destruam a minha vida! Tudo bem, mas, agora, vamos ver se vocês gostam do sabor do vosso próprio veneno!” José, agora, tinha poder para esmagar os seus irmãos desesperados. Mas não o fez — e vale a pena saber porquê.

Não costumamos pensar na ira como uma tentação. Na verdade, a ira não é má em si. Estar zangado faz parte de ser humano. Até Jesus se zangou (João 2:12-17). Mas, a ira pode levar-nos a reagir de formas erradas com aqueles que nos ofendem. “Sim, estou zangado… mas ele mereceu-o!”, contudo, duas coisas erradas não fazem uma certa. É por isso que a Bíblia diz: “Se porventura se irritarem contra alguém, não lhe façam mal” (Efésios 4:26; Salmos 4:4).

José ganha tempo a fazer jogos mentais com os seus irmãos. Pergunta-lhes acerca do pai, esconde uma taça de prata nos sacos deles e alinha-os por ordem de nascimento. Alguns podem criticá-lo por não os ter deixado logo ir. Mas, a vida real não é assim. Algumas mágoas são tão profundas, que é preciso tempo e uma pressão gradual da parte de Deus para que subam à superfície. Se estás a sentir pressão ou mesmo raiva acerca de coisas do teu passado, talvez Deus esteja a tentar dizer-te alguma coisa. Uma das melhores reações que pudemos ter, à raiva causada pelo passado é orar.

Mas, o motivo principal pelo qual José não acabou com os seus irmãos, foi porque os amava. Por vezes, descobrimos que sob os nossos sentimentos de raiva, está um profundo amor. Por isso, reagir violentamente, é o pior que podemos fazer quando estamos zangados. José, de forma sensata, procura um lugar onde possa chorar (43:30). Sentir verdadeira tristeza, por causa de mágoas do passado, é um passo essencial no processo de cura que Deus usa para suavizar os nossos corações endurecidos. José e os seus irmãos acabariam, eventualmente, por se perdoar e reconciliar. Mas ainda não tinha chegado o momento. Fica atento.

APLICAÇÃO

Existem mágoas por resolver no teu passado? Precisas de encontrar um lugar privado para chorar e orar?

ORAÇÃO

Pai, não me quero agarrar aos meus sentimentos de raiva, mas, preciso da tua ajuda. Senhor, sei que magoei outras pessoas com as minhas atitudes. Mostra-me como posso ajudá-las a encontrar cura também.