34 - A ascensão de Israel - O PRIMEIRO IMPULSO

ORAÇÃO
Deus, como maravilhoso é estar contigo. Quero pôr de parte to-das as distrações da minha mente e do meu coração, para que me possa focar naquilo que me queres dizer hoje.

Texto (s) da Bíblia

REFLEXÃO

Para mim, Saul sempre foi uma das figuras mais trágicas da Bíblia. Começou tão bem: talentoso, humilde, escolhido por Deus e cheio do Espírito. Um sucesso potencial infalível. Mas, na leitura de hoje, Saul tornou-se invejoso, paranóico e pecaminoso. Ele sabia que os seus dias estavam contados (23:17). O que aconteceu? Apesar das suas características positivas, Saul tinha o impulso de fazer as coisas à sua maneira, em vez, da de Deus (13:1-15; 15:11). Esta é uma boa definição de peca-do. Com o decorrer do tempo, esse impulso perverteu os seus relacionamentos (23:21-23), arruinou a sua capacidade de decisão (capítulo 28) e levou-o à destruição (capítulo 31). Será que o teu impulso é obedecer a Deus em cada situação? Vale a pena investir algum tempo em oração e reflexão sobre este assunto, para que estejas preparado, quando chegar o momento da verdade. Imagina como as coisas teriam sido diferentes se Saul se tivesse arrependido e re-comprometido a obedecer a Deus. Não importa o que tenhamos feito, não importa o quanto tenhamos desobedecido a Deus, ele está sempre disposto a dar-nos um novo começo (1 João 1:9). Esta é a essência das Boas Novas. Contrariamente, o primeiro impulso de David foi confiar em Deus em todas as situações da sua vida. Mesmo, quando tinha todo o direito de matar Saul, em autodefesa, David retraiu-se, preferindo deixar que Deus fizesse as coisas à sua maneira (24:12). Já foste tratado injustamente, traído ou enganado por alguém próximo? Ripostar e dar-lhes um pouco do seu próprio veneno, raramente, aju-da. É bastante melhor orar: “Senhor, isto não é justo e eu estou muito zangado, mas estou determinado a fazer escolhas que te agradem.” Vais ficar admirado, com a forma como Deus pode usar a confiança honesta nele, para mudar a mais difícil das situações (24:16-21).

APLICAÇÃO

Pensa em algumas situações em que foste tentado. Qual foi o teu primeiro impulso? Pensa numa situação em que vais ter de ser corajoso e confiar em Deus. O que vai isso exigir de ti?

ORAÇÃO

Senhor Deus, quero que o meu primeiro impulso seja a disponibilidade para te obedecer. Não sou capaz de o fazer sozinho, por isso, te peço que me enchas do teu Espírito, agora e sempre.