76 - As viagens de Paulo - A ÚNICA COISA QUE IMPORTA

AS VIAGENS DE PAULO
Tal como descobrimos nas últimas leituras, o Livro dos Atos conta como as Boas Novas se espalharam pelo mundo, depois da ascensão de Jesus aos céus. É um dos livros com mais ritmo e mais empolgantes da Bíblia. As nossas leituras cobrem, apenas, os destaques, mas, vale a pena ler o livro todo.

A personagem principal em Atos é Paulo, que se auto descreveu como “o último dos apóstolos” (1 Coríntios 15:9). Saulo, (o seu nome Judeu) era um jovem promissor entre os Fariseus, um grupo muito tradicional e devoto de líderes Judaicos. Mas, Paulo (o seu nome Romano), era cidadão Romano por nascimento, o que lhe dava uma grande liberdade e privilégios na sociedade da altura. Como veremos, Deus interveio dramaticamente na sua vida e usou estas duas características, para transformá-lo no missionário mais eficaz que o mundo já conheceu.

As próximas cinco leituras seguem Paulo nas suas “viagens missionárias”. Muitas Bíblias contêm mapas que assinalam o percurso destas viagens. Se puderes, toma algum tempo para os examinar. Verás, que Paulo cobriu grandes extensões de território, sobretudo, a pé, para além, de todo o tipo de dificuldades, que teve de suportar. Vê como Paulo descreve as coisas por que passou:

Passei por mais trabalhos, prisões, perseguições e perigos de morte, muitas vezes. Fui cinco vezes castigado pelos judeus com trinta e nove chicotadas. Fui três vezes espancado e uma vez apedrejado. Naufraguei três vezes e passei uma noite e um dia perdido no mar. Tive de fazer viagens sem conta, sofrendo perigos nos rios; com ladrões, com os compatriotas, com os estrangeiros; peri-gos na cidade, no deserto, no mar e mesmo entre os falsos irmãos. Tive de su-portar trabalhos e canseiras, muitas noites sem dormir, fome e sede, muitos dias sem comer, frio e falta de roupa. E, além do mais, tenho de carregar diariamente com o peso das preocupações de todas as igrejas (2 Coríntios 11:23-28).

Por que terá Paulo passado por tudo isto? Por duas razões. Primeiro, ele teve um verdadeiro encontro com Jesus, e percebeu, imediatamente, que se Jesus Cristo estava vivo, isso era a única coisa que importava realmente. Segundo, Paulo era o “instrumento escolhido” por Deus para partilhar o evangelho e semear a Igreja pelo mundo, até então, conhecido.

O grande evangelista Americano, Dwight L. Moody, certa vez disse: “O mundo ainda está para ver, o que Deus pode fazer com um só homem, totalmente, dedicado a ele.” Pode ser verdade, mas, se alguém esteve, alguma vez, perto deste objetivo foi, seguramente, Paulo, como estás prestes a ver.

ORAÇÃO
Senhor, creio que a tua palavra é “viva” e “poderosa” e estou pronto a recebe-la na minha alma e no meu espírito (Hebreus 4:12).

Texto (s) da Bíblia

REFLEXÃO

Esta passagem descreve uma das histórias de transformação mais radicais de toda a Bíblia. Literalmente, num abrir e fechar de olhos (9:3), Paulo deixa de planear “ameaças de morte contra os discípulos do Senhor” (9:1), para passar a provar “que Jesus era o Messias” (9:22). Como pode uma pessoa sofrer uma reviravolta destas?

A razão principal é ter sido escolhido por Deus (9:15). Tal como Deus chamou Abraão, há séculos atrás (Génesis 12:1-3), agora, dá a Saulo uma missão especial. Isto lembra-nos que ninguém está fora do alcance de Deus, e que ele é capaz de usar as pessoas mais improváveis para a sua glória. Também nos lembra, que devemos estar prontos para ser chamados por ele. Deus pode ter uma missão especial para ti.

A segunda razão é que Saulo teve um encontro com Jesus (9:3-6). É triste, mas, há quem passe a vida inteira, envolvido em atividades religiosas, sem nunca chegar a compreender a verdade acerca de Jesus. Mas, naquele caminho empoeirado, Saulo, finalmente, compreendeu que, o simples facto de Jesus estar vivo, mudava tudo. As Boas Novas têm uma forma de nos alcançar e mudar. Quando compreendemos quem Jesus é realmente (9:5), as nossas suposições, a nossa di-reção, os nossos amigos, os nossos objetivos mudam; a nossa vida muda para sempre. Como verás, Saulo foi transformado no apóstolo Paulo e passou o resto da sua vida a construir a Igreja.

Outra das razões que contribuiu para a reviravolta de Saulo foi a ajuda de outros cristãos. Ananias, teve a coragem de o aceitar (9:17) e Barnabé, teve a sabedoria de o ajudar a crescer na fé (9:27). Na maioria das vezes, os cristãos julgam as “arestas por limar” dos novos crentes. Esse criticismo pode levá-los a esmorecer na fé e, consequentemente, a abandonar a Igreja.

Talvez a última razão para a mudança de Saulo tenha sido a sua disposição para responder a Jesus. Quando Saulo caiu do cavalo, perguntou: “Quem és tu, Senhor?” (9:5). Quando compreendermos, realmente, a verdade acerca de Je-sus, nada mais importa.

APLICAÇÃO

De que forma o teu encontro com Jesus mudou a tua vida? Para que missão especial podes estar a ser chamado hoje?

ORAÇÃO

Senhor Jesus, o facto de quereres ter um relacionamento pessoal comigo enche-me de alegria. Se tiveres uma missão especial para mim, estou pronto.

Sociedade Bíblica de Portugal
Rua Vasco Santana, 6 - Loja D.
2675-629 Odivelas
Portugal
Telefone: (+351) 213 545 534
info@sociedadebiblica.pt
www.lojadabiblia.pt
Desde 1809 a operar em Portugal, com a missão de Levar a Bíblia às pessoas e trazer as pessoas à Bíblia!
Google Playstore

Apple Appstore