82 - De Paulo para as Igrejas - DUAS LISTAS

ORAÇÃO
Senhor Deus, a tua Palavra é uma dádiva incrível. Onde mais poderia eu descobrir quem tu és e qual a tua vontade para a minha vida? Por favor, ajuda-me a ouvir o que tens para me dizer hoje.

Texto (s) da Bíblia

REFLEXÃO

Hoje em dia, as pessoas sentem-se desconfortáveis com “verdades absolutas” — a ideia de que algumas coisas estão sempre certas e, outras, sempre erradas. Para elas, a verdade é mais uma preferência pessoal: “O que é verdade para ti pode não ser verdade para mim.”

Esta não era a perspetiva que Paulo tinha do mundo. Para ele, havia um contraste nítido entre o certo e o errado, entre o bem e o mal, como vemos nesta passagem. Paulo começa, por dar uma imagem, clara, da natureza pecaminosa (5:19-21). Não passes por cima da lista. Apesar de conter alguns pecados que, geralmente, temos o cuidado de não cometer (idolatria, feitiçaria), contém outros, que nos poderão atingir mais de perto (ciúme, inveja, ambição desmedida). Ironicamente, a lista parece o resumo do enredo de muitos filmes e programas de televisão atuais. Mas, a mensagem de Paulo diz-nos que a natureza pecaminosa não é nenhuma brincadeira e tem consequências graves (5:21).

Em comparação, Paulo dá-nos uma segunda lista, à qual chama os “frutos do Espírito” (5:22-23). São as qualidades que devemos cultivar nas nossas vidas. É preciso tempo e trabalho, mas o esforço fiel para crescer em santidade, no final, compensa. Esta lista, também, nos ensina a pensar acerca da vontade de Deus. Quando tiveres de escolher, entre duas opções, aparentemente, boas, pergunta: “Com qual das opções poderei desenvolver mais os frutos do Espírito?” Esta é uma boa sugestão a seguir.

Mas, arrancar as ervas daninhas e cultivar o fruto na nossa vida, é trabalho duro, por isso, Paulo sugere duas fontes de ajuda. A primeira, os amigos cristãos (6:1-5). Mes-mo conhecendo a diferença entre o certo e o errado, cometemos erros. É nessa altura, que precisamos de amigos cristãos que nos ajudem a restaurar os pedaços da nossa vida. A segunda é o Espírito Santo. Algumas pessoas sentem-se hesitantes acerca do Espírito Santo. Paulo não. Ele diz-nos para vivermos “segundo o Espírito” (5:16), para nos deixarmos “orientar pelo Espírito” (5:18) e para nos deixarmos “guiar por ele” (5:25). O Espírito Santo é a ajuda de Deus para nós, hoje.

APLICAÇÃO

Consegue identificar algumas ervas daninhas que gostasses de arrancar da tua vida? Que fruto gostarias de cultivar?

ORAÇÃO

Espírito Santo, quero ser orientado por ti e deixar que tu me guies, no decorrer deste dia e sempre.