86 - De Paulo para os líderes - OS HÁBITOS DOS LÍDERES ALTAMENTE EFICAZES

DE PAULO PARA OS LÍDERES
Segundo o autor J. Robert Clinton, “A liderança é um processo dinâmico, no qual, um homem ou mulher com capacidades dadas por Deus, influencia um grupo específico de pessoas de Deus, em direção aos propósitos de Deus para grupo”, (Etapas na Vida de um Líder, Editora Descoberta, Brasil). Uma das tarefas mais importantes de um líder cristão é preparar novos líderes e delegar. Na verdade, a melhor forma de testar o nível de influência dos líderes cristãos, é perguntar-lhes, se são capazes de deixar o seu ministério —seja uma grande organização ou uma pequena classe de Escola Dominical — em boas mãos.

Depois de muitos anos a pregar o evangelho e a plantar igrejas, o ministério ativo de Paulo estava prestes a terminar (2 Timóteo 4:6-7). Paulo percebeu, que o seu último desafio era encontrar a próxima geração de líderes para a Igreja. Inclusivamente, resumiu a sua estratégia de desenvolvimento de lide-rança, numa carta ao seu ajudante Timóteo: “E o que ouviste de mim, diante de muitas testemunhas, transmite-o a pessoas de confiança que sejam capazes de o ensinar a outros.” (2 Timóteo 2:2). Para Paulo, o futuro da Igreja tinha a ver com encontrar as pessoas certas.

Nas próximas cinco leituras, vemos Paulo escrever, para instruir e encorajar os líderes da Igreja primitiva, principalmente, Timóteo. Ele estabelece uma descrição de funções, para os líderes das igrejas, avisa-os acerca das dificuldades da liderança, clarifica alguns assuntos essenciais e enfatiza a importância dos dois fundamentos da liderança Cristã: o evangelho e a Palavra de Deus.

Estas leituras, também, nos dão uma perspetiva das dificuldades da Igreja do primeiro século. Uma coisa é certa; a igreja crescia, apesar, da perseguição. Como vimos no Livro dos Atos, Deus, por vezes, usa a perseguição para fazer crescer o ser reino. Mas, a Igreja, também, se debatia com lutas internas, por causa dos falsos mestres. Perante ambas as situaçãos, percebe-se, claramente, que Paulo considera ser a última, a que ameaçava mais, seriamente, o cresci-mento da Igreja. Ainda hoje, assim é. Paulo enfrenta ambos os desafios, com uma combinação de incentivo e correção aos líderes.

Talvez não te vejas como líder. Mas, se refletires na definição de liderança cristã acima mencionada, talvez queiras reconsiderar. Todos, incluindo tu, podem influenciar outras pessoas para os propósitos de Deus. Se isto for verdade, o apóstolo Paulo tem alguns conselhos bons para ti, como vais descobrir já de seguida.

ORAÇÃO
Senhor, quero crescer na minha caminhada contigo. Estou pronto a ser moldado pela tua Palavra hoje.

Texto (s) da Bíblia

REFLEXÃO

O sucesso causa problemas. Era o que Paulo sentia ao escrever esta carta a Timóteo, o seu ajudante. Apesar, da oposição e das provações, as viagens missionárias de Paulo eram, incrivelmente, bem sucedidas. Surgiam igrejas por todos os lados. Mas, quem as iria liderar?

Quem já fez parte de uma organização em crescimento sabe, que uma boa liderança é essencial. Jesus sabia-o e fez do ensino prático de líderes, uma das suas principais prioridades (Lucas 6:12-16; 9:1-6; 10:1-17). Agora, Paulo enfrentava o mesmo desafio. Para manter o sucesso na plantação de igrejas, para além do seu tempo de vida, era preciso encontrar uma nova geração de líderes. Mas como?

Paulo começou por elevar bastante a fasquia, estabelecendo uma “descrição de tarefas” (3:2-13). Estes, são bons objetivos para se trabalhar, quer penses em ti como líder na tua igreja ou não. Repara, que as listas equilibram características pessoais, assuntos familiares e uma boa reputação exterior. Um líder cristão é uma pessoa equilibrada e, não apenas, um bom orador.

Hoje em dia, as pessoas, por vezes, agem como se os líderes fossem a parte mais importante da Igreja. Ao fazê-lo, perdem a noção de um princípio mais importante. A Igreja não pertence aos líderes, pertence a Deus (3:15). Ele é o líder por excelência. Os líderes servem-no, ao servirem os outros. Qualquer pessoa, que aspire a um cargo de liderança na Igreja, deve acrescentar mais uma qualidade à lista: humildade.

Mas, de facto, se um dos objetivos da Igreja é crescer, então, precisa de uma liderança de qualidade. O que, não quer dizer, que tenha de ter o maior pregador ou plantador de igrejas do mundo. A Igreja precisa de uma liderança sólida a todos os níveis — professores de Escola Dominical, líderes de projectos evangelisticos, líderes de grupos familiares, etc. Sendo assim, talvez devas começar a desenvolver as tuas qualidades de liderança agora mesmo. Deus pode chamar-te em breve.

APLICAÇÃO

O que podes fazer para desenvolver as tuas capacidades de liderança? Como começar a usar essas capacidades na tua igreja?

ORAÇÃO

Senhor, sabes que ainda estou a crescer em muitas áreas. Mas estou disposto a usar as capacidades que me deste, na tua Igreja. Se me chamares para a liderança, eu vou.

Sociedade Bíblica de Portugal
Rua Vasco Santana, 6 - Loja D.
2675-629 Odivelas
Portugal
Telefone: (+351) 213 545 534
info@sociedadebiblica.pt
www.lojadabiblia.pt
Desde 1809 a operar em Portugal, com a missão de Levar a Bíblia às pessoas e trazer as pessoas à Bíblia!
Google Playstore

Apple Appstore