98 - A Revelação - O CÉU!

ORAÇÃO
És digno, meu Senhor e meu Deus, de receber glória e honra e poder, pois criaste todas as coisas, e pela tua vontade elas foram criadas e têm a sua existência.

Texto (s) da Bíblia

REFLEXÃO

Que grande sonho este! Vinte e quatro anciãos vestidos de branco, cavalos, criaturas com asas, uma grande multidão em adoração e mais. Não são precisos efeitos especiais, para dar vida a este texto. Alguns têm tentado determinar com exatidão o significado de cada pormenor, mas, para aquilo que nos propomos, é mais importante olhar para o plano geral: esta é uma visão do céu.

Qual é a tua visão do céu? A visão estereotipada do céu, é um lugar nas nuvens para onde as pessoas vão depois de morrer, tocar harpa e ver os seus familiares na terra. A música Country dá a entender, que a melhor coisa em relação ao céu é podermos rever os nossos pais. Talvez o façamos, mas, a melhor coisa será, de longe, vermos Jesus. O Cordeiro de Deus está no centro do céu (5:6; 7:17). Mais nada se compara a isso.

No entanto, existem alguns aspetos inquietantes na visão de João. Por exemplo, caminho para o céu nem sempre é uma jornada sentimental; às vezes, envolve sofrimento (6:9). Além disso, parece, também, que as coisas podem piorar antes de, finalmente, melhorarem (capítulo 6). Mas, para aqueles que pertencem ao Cordeiro, o fim transforma-se no princípio de uma maravilhosa eternidade com Jesus (7:15-17).

Então, o que faremos no céu? O Livro do Apocalipse realça a adoração como sendo a principal ocupação. O que mais poderíamos fazer na presença de Jesus? Repara na constituição desta espetacular comunidade de adoradores: “todas as nações, tribos, povos e línguas” (7:9), estarão representadas. A razão pela qual devemos partilhar as Boas Novas com todas as pessoas e acolhê-las nas nossas igrejas, não é para sermos politicamente corretos, mas porque é assim que o céu vai ser.

APLICAÇÃO

Por que queres ir para o céu? Se Deus te dissesse, “Por que deveria deixar-te entrar no céu?”, o que lhe responderias?

ORAÇÃO

Louvo-te por me teres salvo e por me dares o céu como esperança.