“Podem ser poucos em número, mas também são cristãos”

“Podem ser poucos em número, mas também são cristãos”

A Nova Caledônia é um território no sul do pacífico de administração francesa. Tem 285.000 habitantes que falam cerca de 30 línguas indígenas, muitas das quais estão ameaçadas de extinção. O francês é a língua franca, mas as comunidades espalhadas por este país de ilhas falam uma variedade de línguas. Algumas delas já perderam os seus últimos falantes, e duas dúzias de outras estão reduzidas a apenas alguns milhares, ou mesmo, algumas centenas de falantes.

A resposta ao Evangelho

O cristianismo chegou pela primeira vez à Nova Caledônia na década de 1840, quando os missionários chegaram à província das ilhas de Lealdade. À medida que as pessoas começaram a responder ao Evangelho, os missionários começaram a traduzir a Bíblia para as três línguas faladas nessas ilhas: Drehu, Iaai e Nengone – publicando-as em 1890, 1901 e 1903 respetivamente.

As Bíblias em Iaai, Nengone e Drehu.

Hoje, embora a vasta maioria das pessoas na Nova Caledônia seja cristã, há mais de 150 anos, as línguas das ilhas de Lealdade, faladas por cerca de 26.000 pessoas, ainda são as únicas três línguas indígenas que têm a tradução da Bíblia completa, contudo, precisam de uma revisão. A Sociedade Bíblica do Pacífico Sul está a trabalhar na digitalização do texto, para que a atual tradução fique disponível nos meios digitais para as pessoas que falam esses idiomas, o que permitirá também dar início ao trabalho de revisão.

Cristãos há gerações…

Nenhuma das duas dezenas de línguas faladas na ilha principal, Grande Terre, tem a tradução completa da Bíblia, incluindo a língua indígena mais falada na ilha – o idioma Ajië. Esta é a língua usada nas igrejas por toda a ilha: as pregações, orações e os hinos são todos conduzidos em Ajië. Mesmo assim, gerações de cristãos falantes de Ajië, ainda não têm a Bíblia completa na sua língua.

O Novo Testamento em Ajië foi publicado em 1922, seguido pelos Salmos na década de 1960. Em 2014, a Sociedade Bíblica publicou uma revisão do Novo Testamento em Ajië com a nova ortografia, que foi calorosamente recebida pelos cristãos de toda a ilha, entusiasmados com o trabalho de tradução do Antigo Testamento, cuja conclusão prevista para 2025, aguardam com expectativa.

A Sociedade Bíblica também está a traduzir o Novo Testamento para Bwatoo e Nelemwa pela primeira vez.

Ore pelo trabalho de tradução que está a ser feito, para tornar as Escrituras disponíveis nos idiomas da Nova Caledônia e em todo o sul do Pacífico.

(Todas as fotos do Dr. Joseph Hong, salvo indicação em contrário).

Este conteúdo foi publicado em Sexta-feira 30 julho 2021
Graças ao trabalho de tradução da Bíblia, algumas dessas línguas conseguem sobreviver.

Graças ao trabalho de tradução da Bíblia, algumas dessas línguas conseguem sobreviver.

“No meu país existem cerca de 30 línguas, e muitas delas estão em perigo de desaparecer”, disse o Rev. Philippe Capoa, coordenador do projeto de tradução do Antigo Testamento em Ajië. “Algumas delas, são línguas faladas por pequenas minorias. No entanto, continuamos a traduzir a Bíblia para essas pessoas. Podem ser poucos em número, mas também são cristãos”.

Sociedade Bíblica de Portugal
Rua José Estêvão, 4-B,
1150-202 Lisboa,
Telefone: (+351) 213 545 534
info@sociedade-biblica.pt
www.lojadabiblia.pt
A SOCIEDADE BÍBLICA DE PORTUGAL Desde 1809 a operar em Portugal, a sua missão é Levar a Bíblia às pessoas e trazer as pessoas à Bíblia! Integra as Sociedades Bíblicas Unidas que atuam em mais de 200 países.
Google Playstore

Apple Appstore