Sonhos e Sonhadores

No princípio de cada projeto é habitual estabelecermos propósitos, fazermos planos, prevermos resultados e criarmos espectativas em relação à concretização dos nossos sonhos. Neste sentido, por vezes, até partilhamos as nossas ideias com outros na esperança de receber quer o encorajamento necessário, quer a revisão das estratégias que definimos para alcançar o nosso alvo. Contudo pergunto-me: que lugar Deus ocupa naquilo que conjeturamos para o nosso futuro? Inclusive nos planos que ele pode ter para a nossa vida? Detenhamo-nos na estória bíblica de José, filho de Jacob, primeiro-ministro no Egipto (Gn 37-50). A vida deste jovem pode ensinar, entre muitos outros aspetos, três coisas que aqui ousamos sintetizar: 

  1. A história de José ensina que Deus conhece o amanhã. Sobre o futuro, mostra que Deus além de ter um plano pretende revelar o seu propósito. Será que podemos confiar Nele? José confiava!
  2. Porém existe uma segunda lição! Quando o jovem José se vangloriou dessas revelações teve grandes problemas. Ao transformar os seus sonhos numa tagarelice junto dos irmãos provocou-lhes ciúmes e estes, movidos pela inveja, pensaram livrar-se dele matando-o. Mais tarde, decidiram vendê-lo como escravo. Em contrapartida, quando amadureceu e colocou os seus dons ao serviço de outros, quando interpretou o famoso sonho do Rei (sobre as sete vacas gordas e as sete vacas magras) e conduziu um plano de sobrevivência para o Egipto, todos os cidadãos daquele país, nações vizinhas e até mesmo os seus familiares e conterrâneos foram abençoados
  3. Além de saber que Deus tem um plano para nós, além de o colocarmos com humildade ao serviço dos outros, na história de José encontramos ainda um outro ensinamento. Conhecer que Deus está no controle desse plano deverá aquietar-nos em relação às circunstâncias passadas ou presentes que nos podem afetar. Ao compreender que a soberana mão de Deus nos acompanha, tal como José podemos dizer “Pensaram em fazer-me mal e Deus permitiu, por saber que isso ia contribuir para salvar muita gente, como hoje vemos. Por isso, não tenham medo”.

A Bíblia não nos impede de sonhar, tão pouco de planear. Afirma que Deus tem sonhos e planos para cada um de nós! Todavia, sejam os nossos projetos, sejam as visões Dele, a Palavra de Deus confronta-nos com três coisas:

  1. Confiar nos planos que Deus tem para as nossas vidas.
  2. A nossa confiança não pode sobrepor-se à nossa humildade.
  3. A consciência da sua soberania deverá aquietar os nossos receios em relação ao porvir.

Nota: Ilustração selo – Grenada 1983 – José interpreta os sonhos para os seus irmãos (Raphael)

Este conteúdo foi publicado em Quinta-feira 21 março 2019
Utilizamos cookies de acordo com o nossa Política de Privacidade, respeitamos a privacidade dos seus dados.[ocultar mensagem]
Sociedade Bíblica de Portugal
Rua José Estêvão, 4-B,
1150-202 Lisboa,
Telefone: (+351) 213 545 534
info@sociedade-biblica.pt
www.lojadabiblia.pt
A SOCIEDADE BÍBLICA DE PORTUGAL Desde 1809 a operar em Portugal, a sua missão é Levar a Bíblia às pessoas e trazer as pessoas à Bíblia! Integra as Sociedades Bíblicas Unidas que atuam em mais de 200 países.
Google Playstore

Apple Appstore