75 - O nascimento da Igreja - A COLIGAÇÃO ARCO-ÍRIS

ORAÇÃO
Senhor Deus, mostra-me mais acerca do teu Filho Jesus.

Texto (s) da Bíblia

REFLEXÃO

Chegámos a um importante ponto de viragem na nossa viagem através da “gran-de história” da Bíblia. Como vimos anteriormente, o plano de salvação de Deus começou com Abraão (Génesis 12:1-9) e esteve inicialmente ligado à história do povo Judeu. Agora, o círculo expande-se para incluir também os não-Judeus (11:18). Pode parecer estranho que esta parte específica da história tenha sido tão detalhada em Atos. Mas, talvez tenha sido assim, para salientar a grande barreira que existia entre Judeus e Gentios naqueles dias e, por conseguinte, o enorme passo que foi dado para quebrá-la.

A passagem enfatiza, também, a intervenção ativa de Deus nos acontecimentos humanos (10:3, 17, 19). Algumas pessoas pensam em Deus como um relojoeiro, e no mundo, como o seu relógio. Deus criou o mundo, deu-lhe “corda” e, depois, deixou-o seguir o seu destino. Mas, a Bíblia não ensina, apenas, que Deus criou o mundo, de facto, ele intervém ativamente no que nele se passa. Em momentos importantes, como este, Deus intervém para guiar os acontecimentos de acordo com o seu plano de amor. Ele faz o mesmo na vida das pessoas, individualmente. Talvez possas olhar para trás, e recordar situações da tua vida, em que percebes-te existir algum tipo de padrão divino.

O principal resultado deste encontro entre Pedro e Cornélio, foi a clarificação de uma verdade fundamental acerca das Boas Novas de Deus: a salvação através de Jesus Cristo é para todos, não apenas para um grupo selecionado de membros. O reino dos céus é a derradeira “coligação arco-íris”. O que não quer dizer, que a entrada seja automática para todos. Está aberta a todos os que creem em Jesus Cristo (10:43) e que, por conseguinte, recebem o Espírito Santo (10:47). Hoje, o nosso desafio é manter a Igreja tão inclusiva, quanto Deus intencionou que ela fosse.

APLICAÇÃO

Existem pessoas no teu mundo, que parecem estar fora do alcance do evangelho? O que fazer para construir uma ponte entre elas e as Boas Novas?

ORAÇÃO

Perdoa-me Senhor, por manter as Boas novas só para mim. Estou pronto e disposto a partilhá-las com quem tu quiseres.