“A mensagem toca a minha alma”:

O primeiro Novo Testamento na língua Songo, Angola

Na cultura Songo, utilizam-se cestos feitos de bambu para carregar presentes considerados de grande valor e significado. Foi por isso que uma procissão de jovens trouxe copias do primeiro Novo Testamento na língua Songo dentro de cestos, para a cerimónia de dedicação, em Malanje, Angola, dia 20 de Março de, 2021.

Enquanto cantavam, “Tala mukanda wa Suku wa ku tu longesa” (Eis aqui a Palavra de Deus que nos ensina), as jovens, usando roupas coloridas, carregaram os seus cestos até à frente do púlpito, e levantaram os Novos Testamentos para que todos vissem.

“É uma forma simbólica de honrar a Deus,” disse Cláudia Pinto, responsável pelas publicações da Sociedade Bíblica de Angola. “Foi tão emocionante ver o entusiasmo dos cristãos de língua songo, ansiosos por ter uma cópia do Novo Testamento na sua língua. Vimos pessoas de joelhos agradecendo a Deus e expressando, também, o seu agradecimento a todos os que fizeram parte deste trabalho, incluindo os doadores.”

O COVID-19 provocou atrasos

Os falantes de Songo são cerca de 150 mil pessoas, a maioria das quais vive no centro norte de Angola. Inicialmente, a Sociedade Bíblica tinha planeado fazer o lançamento do Novo Testamento em 2020, mas por causa da pandemia houve atrasos na impressão e no envio. Assim, apesar de os Novos Testamentos terem chegado ao armazém em Novembro de 2020, vários surtos de COVID em Angola fizeram com que o lançamento fosse adiado para Março deste ano.

Um dos pontos altos da cerimónia foi quando, Maria Isaque, uma Jovem de 18 anos, (retratada na fotografia acima com a sua Bíblia dentro de um cesto) leu um trecho do Novo Testamento em voz alta. Para muitos dos presentes foi a primeira vez que ouviram as Escrituras na sua língua. Para Maria também foi um momento especial.

“É a primeira vez que participo num evento destes,” sorriu ela. “Graças ao Novo Testamento vou poder aprender melhor a minha língua e isso vai ajudar-me a partilhar o evangelho com as pessoas. A língua é fácil e vai ajudar muitos jovens a desenvolverem valores cívicos e morais.”

“Graças ao Novo Testamento vou poder aprender melhor a minha língua e isso vai ajudar-me a partilhar o evangelho com as pessoas.”

Teresa, de 53 anos, que lidera o ministério de mulheres na Igreja Evangélica dos Irmãos em Angola, também está entusiasmada acerca de ter o Novo Testamento na sua língua, enquanto partilha o evangelho com outros falantes de songo. “Era muito difícil transmitir a mensagem bíblica às pessoas, porque eu falava com elas em Songo, mas depois não tinham nada que elas pudessem ler e consultar, pois não havia nada traduzido na língua delas”, explicou. “Muitas vezes nas nossas reuniões dizíamos, ‘Só existe uma tradução da Bíblia em Cokwe e em Português, quando teremos a Bíblia em songo, na nossa língua?’”

Uma grande alegria

Wilson Muzengo, 64 anos, é perito em língua africanas e especializado em línguas angolanas, estava radiante por ter, finalmente, uma porção substancial das Escrituras na sua língua materna. “É uma grande alegria, uma maravilha!” Disse ele, por detrás da sua máscara, enquanto segurava uma cópia do Novo Testamento nas suas mãos. “A tradução, especialmente quando se trata de textos sagrados, não é uma tarefa fácil. Quando a Bíblia é traduzida para a língua do povo, a mensagem de Deus penetra diretamente nos seus corações.”

“Quando leio o Novo Testamento em Songo, a mensagem toca-me profundamente na alma, sinto que estou a falar com Deus. Quero encorajar a Sociedade Bíblica e os seus tradutores a continuarem com este trabalho extraordinário… oro para que Deus dê inspiração a todos os envolvidos, para que, brevemente, possamos ter a Bíblia completa na nossa língua.”

“Quando leio o Novo Testamento em Songo, a mensagem toca-me profundamente na alma, e sinto que estou a falar com Deus.”

“Agradeço a Deus por poder ter nas mãos este Novo Testamento,” disse Joana Mundundi Isaque, de 50 anos. “Que aqueles que o lerem sintam alegria e encontrem salvação na Palavra de Jesus Cristo.”

Ernesto Cabita, 61 anos, tradutor para língua Songo e coordenador da equipa, disse que também se sente maravilhado ao ler as Escrituras na sua língua.

“O meu versículo preferido do Novo Testamento é João 3,16 porque compreendo que Deus me amou a mim, como um homem nesta terra, e por essa razão enviou o seu único filho. Ler isto faz-me sentir muito feliz”. Disse ele.

Ao refletir sobre o processo de tradução deste Novo Testamento, os três membros da equipa de tradução admitiram que houve momentos difíceis. Desafios no financiamento e o seu escritório foi assaltado várias vezes. E como a tradução das Escrituras leva anos a ser concluída e requer extensa formação, muitas vezes é difícil para as famílias e membros das comunidades compreenderem o trabalho que os tradutores estão a fazer.

Orar muito pelo trabalho de tradução

“A minha esposa tinha dúvidas porque, durante algum tempo, não conseguia ver quaisquer frutos do nosso trabalho,” comentou o tradutor Esmael Araújo Muquixi, de 52 anos. “Mas depois do lançamento de duas porções: Lucas e Atos em 2019, ela começou a acreditar que o trabalho que eu fazia junto com outros tradutores era sério e muito importante. Agora, ela é a minha principal apoiante e tem orado muito pelo nosso trabalho de tradução.”

Os tradutores estão profundamente empenhados em continuar a tradução do Antigo Testamento, que será concluída em 2025. Além disso, como 60% dos falantes de Songo não sabem ler nem escrever, a Sociedade Bíblica criou materiais para alfabetização em Songo, baseados na Bíblia, que as igrejas estão a usar.

Ore para que muitas vidas sejam impactadas através do Novo Testamento em Songo e do programa de literacia, e pelo trabalho em curso de tradução do Antigo Testamento.

Este conteúdo foi publicado em Quinta-feira 7 outubro 2021
Sociedade Bíblica de Portugal
Rua José Estêvão, 4-B,
1150-202 Lisboa,
Telefone: (+351) 213 545 534
info@sociedade-biblica.pt
www.lojadabiblia.pt
A SOCIEDADE BÍBLICA DE PORTUGAL Desde 1809 a operar em Portugal, a sua missão é Levar a Bíblia às pessoas e trazer as pessoas à Bíblia! Integra as Sociedades Bíblicas Unidas que atuam em mais de 200 países.
Google Playstore

Apple Appstore